Colégio Estadual Felipe Cassiano comemora o primeiro ano do Clube de Leitura em Várzea do Poço

IMG-20180614-WA0037

O primeiro aniversário do Clube de Leitura “Livre-se”, do Colégio Estadual Felipe Cassiano, em Várzea do Poço (a 337 km de Salvador), foi comemorado nesta quinta-feira (14), com o Café Literário, que contou com a participação de toda a comunidade escolar. Com o objetivo de estimular a prática da leitura entre os estudantes da unidade, o clube funciona no espaço da biblioteca da escola e é coordenado pelos próprios alunos, que se reversam nos turnos opostos às suas aulas. Passado um ano de atividades, eles comemoram o aumento significativo do número de leitores no colégio.

A estudante Sara Silva, 16, 2º ano, conta que já gostava de ler mesmo antes da criação do clube, mas a iniciativa trouxe algo a mais para a sua vida. “Ao mergulhar mais profundamente no mundo da leitura, ganhei não só conhecimento, como também me tornei uma pessoa melhor, quebrei barreiras e me emocionei com muitos romances”, declara a aluna, que lê uma média de quatro livros ao mês.

CLVP1

O ex-aluno do colégio, o hoje estudante do curso universitário de Letras com Inglês, Fernando de Jesus, 17, fala do seu orgulho de ter sido um dos fundadores do clube. “Concluí a Educação Básica, mas continuo acompanhando o trabalho que é feito, visando o estímulo à leitura por meio de um espaço cuja ideia nasceu da necessidade de compartilharmos as nossas experiências literárias, dialogarmos sobre as obras que líamos. O incrível é que o resultado da iniciativa de criar o clube de leitura está sendo muito positivo. Muitos começaram a ler após a abertura do espaço e outros, que já liam, multiplicaram o seu gosto pela leitura. Isso é transformador”.

A professora de IMG-20180614-WA0035Língua Portuguesa e de Literatura, Valéria Alves, uma das incentivadoras e criadoras do Livre-se, fala sobre a proposta de fomentar a prática da leitura na escola. “O clube veio a fortalecer a nossa biblioteca escolar que, até então, estava sem uso. A partir da iniciativa de criar um clube de leitura livre, ao gosto do interesse público adolescente do Ensino Médio, tivemos a reabertura da biblioteca, que passou a ser um ambiente vivo com a presença dos estudantes”, destacou. A educadora disse, ainda, que para fortalecer o projeto foram feitas campanhas de arrecadação de livros e, hoje, a biblioteca ganhou mais de 200 títulos, aumentando o seu acervo para cerca de 1.200 títulos. “A cada mês os alunos assumem o papel de mediadores e compartilham suas leituras com seus pares, indicando livros e dividindo suas experiências com a literatura.Para se ter uma ideia, nossa escola tem cerca de 281 alunos e destes, 180 estão cadastrados no clube de leitura”.

 A importância da criação do clube de leitura nos colégios da rede foi destacada pela coordenadora de Ensino Médio da Secretaria da Educação do Estado da BahiaTereza Farias. “A criação de clubes de leitura se constitui como uma importante estratégia para facilitar e potencializar as habilidades dos estudantes, tanto no campo das linguagens como nas demais áreas do conhecimento. Desse modo, a comemoração de um ano do Clube de Leitura Livre-se, do Colégio Estadual Felipe Cassiano, é uma iniciativa de extrema importância no Território da Bacia do Jacuípe que conta com o apoio da Secretaria da Educação, por meio da Diretoria do Ensino Médio, entendendo que a linguagem é a porta de entrada para a ampliação da compreensão em todos os campos de saberes, dentro de um processo de reformulação curricular do Ensino Médio, com aprofundamento no campo de Linguagens”.

* Texto Ascom Educação.

WhatsApp Image 2018-06-14 at 12.08.04

IMG-20180614-WA0034

Encontro de Líderes de Classe aconteceu em Pintadas

ENCONTRO-TERRITORIAL-PIN12

Nesta segunda-feira (11), o Colégio Estadual Normal de Pintadas sediou o primeiro encontro de líderes de turma do Território Bacia do Jacuípe no ano 2018, o evento aconteceu no auditório do colégio Estadual Normal de Pintadas e contou com a presença de professores e líderes de turma de várias cidades do território.

ENCONTRO-TERRITORIAL-pin22

O encontro tem como objetivo inserir os alunos nas discussões que visam melhorias para toda escola, seja na parte estruturante como também no modo de diversificar o ensino e contou com a participação de lideranças estudantis das 27 unidades escolares que formam o território da Bacia do Jacuípe.  O espaço de debate e troca de experiências acontecia apenas uma vez no ano, mas por iniciativa dos alunos, que na edição passada demonstraram o desejo de ter o encontro mais vezes agora serão realizados duas vezes no ano.

ENCONTRO-TERRITORIAL-PIN20

Durante as atividades, foram feitas explanações por parte de professores e principalmente alunos. Foram realizadas três oficinas: Gestão Escolar Democrática, estudante no debate; Enfrentamento ao Bullying e combate ao racismo e Projetos de Escola, Projetos de vida. O evento teve dança, música, coral,  apresentações com temáticas diferentes que demonstraram e valorizaram o poder do protagonismo juvenil e a importância do papel dos líderes estudantis no contexto escolar como um todo.

ENCONTRO-TERRITORIAL-PIN3

No final, fechando o encontro, foram feitos vários depoimentos dos alunos sobre as suas experiências vividas e de valorização do espaço escolar que emocionou a todos os presentes e dando um gostinho de quero mais, o que gerou uma expectativa promissora para os próximos encontros.

ENCONTRO-TERRITORIAL-PIN18

ENCONTRO-TERRITORIAL-PIN21

 

 

 

 

 

 

 

ENCONTRO-TERRITORIAL-PIN14

ENCONTRO-TERRITORIAL-PIN17

 

 

 

 

 

 

 

ENCONTRO-TERRITORIAL-PIN11

ENCONTRO-TERRITORIAL-pin7

 

 

 

 

 

 

 

ENCONTRO-TERRITORIAL-PIN4

ENCONTRO-TERRITORIAL-PIN16

 

 

 

 

 

 

 

ENCONTRO-TERRITORIAL-PIN6

ENCONTRO-TERRITORIAL-PIN10

 

 

 

 

 

 

 

ENCONTRO-TERRITORIAL-PIN1

ENCONTRO-TERRITORIAL-PIN5

 

 

 

 

 

 

 

ENCONTRO-TERRITORIAL-PIN8

ENCONTRO-TERRITORIAL-PIN

 

 

 

 

 

 

 

Fotos: VR 14 e Thiara Pedreira. Texto adaptado: VR 14

Começou o Virtual Educa Bahia 2018 um dos maiores encontros mundiais voltados para a Educação

pinheiro_virtualED1

 

Começou ontem (4), o XIX Encontro Internacional Virtual Educa, um dos maiores eventos mundiais sobre inovação e tecnologia aplicadas à Educação que, pela primeira vez, será sediado na Bahia. A abertura oficial foi no Teatro Castro Alves (TCA), com as presenças do governador Rui Costa, do secretário da Educação, Walter Pinheiro, do secretário geral do Virtual Educa, José Maria Anton, e demais autoridades. De terça (5) a sexta-feira (8), o Encontro será realizado no Centro de Formação e Eventos da Secretaria da Educação do Estado (ICEIA), que foi completamente reformado. Com o tema “Educação para transformar a sociedade em um espaço multicultural único”, o Virtual Educa reunirá grandes personalidades da área de Educação do Brasil, da América Latina, do Caribe e da África.

O Virtual Educa Bahia 2018  promoverá o debate de ações e experiências bem-sucedidas em Educação, envolvendo tecnologias e conteúdos digitais, diversidade, crescimento econômico e políticas públicas. Paralelamente, o evento envolverá o Fórum Global de Educação e Inovação “Cooperação Sul-Sul”, voltado para representantes governamentais e de instituições nacionais e internacionais. A programação constará de apresentações de trabalhos acadêmicos de educadores, estudantes e professores e profissionais da Educação, além de palestras de escritores e pesquisadores brasileiros e estrangeiros, envolvendo a temática da Edu­cação no sé­culo XXI e sua in­ter­face com a in­clusão, a di­ver­si­dade, o meio am­bi­ente, a ino­vação, a tec­no­logia e a for­mação do­cente.

 O secretário da Educação Walter Pinheiro ressalta a amplitude do encontro. “É um en­contro para de­bater, co­nhecer e com­par­ti­lhar ex­pe­ri­ên­cias. A partir daí te­remos con­di­ções de tri­lhar novos ca­mi­nhos. É por isso, também, que iremos re­a­lizar o en­contro no an­tigo ICEIA, que está sendo trans­for­mado em um novo es­paço, re­pa­gi­nado para esse novo tempo. Es­pero que, a partir de agora, pos­samos re­a­lizar todos os eventos da Edu­cação no local. O Vir­tual Educa ser­virá, ainda, para que pos­samos fazer lei­tura dessas trans­for­ma­ções pe­da­gó­gicas que es­tamos im­ple­men­tando na rede es­ta­dual de en­sino”.

Fóruns de Educação – Dentro da programação do Virtual Educa, destaque para os seis fóruns que serão realizados, tendo à frente renomados professores, escritores e pesquisadores ligados à Educação, nas mais diferentes áreas do conhecimento. Serão eles: Fórum de Desenvolvimento Tecnológico; Fórum de Inclusão, Avaliação e Qualidade; Fórum de Educadores para a Era Digital; Fórum de Educação Superior, Inovação e Internacionalização; Fórum Formação ao Largo da Vida; e Fórum de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação. Cada fórum promoverá de três a quatro conferências e apresentará uma média de 45 trabalhos de pesquisa, voltados ao tema geral do evento.

Protagonismo estudantil - Durante o evento, será realizada a 7ª edição da Feira de Ci­ên­cias, Em­pre­en­de­do­rismo e Ino­vação da Bahia (FE­CIBA), com apresentação de 240 projetos desenvolvidos nas escolas no âmbito do projeto Ciência na Escola. Os estudantes da Educação Profissional e Tecnológica. Projetos voltados à Educação Empreendedora, que incluem intervenções e tecnologias sociais, de baixo custo e de grande alcance social, também estão entre os destaques da programação. Em 25 estandes serão expostos projetos desenvolvidos por estudantes dos cursos técnicos de nível médio e de cursos de qualificação profissional da rede estadual, que irão apresentar o resultado de ações pedagógicas visando à formação profissional para uma inserção cidadã no mundo do trabalho ou para o empreendedorismo. Também foi montada uma cozinha experimental, para que os visitantes possam participar de palestras sobre temas diversos como segurança no ambiente doméstico e até degustar produtos feitos à base da Agricultura Familiar.

 Já os Centros Juvenis de Ciência e Cultura (CJCC), de Salvador, Itabuna, Vitória da Conquista, Senhor do Bonfim e Barreiras, irão apresentar projetos, mostras, workshops, e bate-papos, sobre as atividades complementares desenvolvidas. Entre as iniciativas estão temas como robótica, criação de música a partir do computador, a reciclagem como prática pedagógica, ciência, empreendedorismo e desenvolvimento de games. A participação do CJCC no encontro envolverá mais de 20 atividades. Experiências de alfabetização do programa Todos pela Alfabetização (TOPA) também serão apresentadas e incluem uma palestra com o presidente de honra do Instituto Paulo Freire, Moacir Gadotti, em celebração aos 50 anos da Pedagogia do Oprimido, do educador Paulo Freire.

Conferências - A pro­gra­mação também in­clui con­fe­rên­cias que con­tarão com as pre­senças do go­ver­nador Rui Costa e do se­cre­tário da Edu­cação Walter Pi­nheiro. Dentre os con­fe­ren­cistas estão Ch­ris­tian Mi­randa, U.C. Chile, que abordará o tema “El si­len­cioso aban­dono de la for­ma­ción in­te­gral del edu­cador del siglo XXI”; João Salles, da Universidade Federal da Bahia, falando sobre “UFBA e o en­sino do sé­culo XXI”; e re­pre­sen­tantes da Fundo das Nações Unidas para a Infância/Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, que es­tarão na con­fe­rência “Pro­gramas de apoio a Edu­cação na par­ceria UNICEF/ BNDES”.

Saiba mais sobre o Virtual Educa Bahia 2018: www.educacao.ba.gov.br

 Foto: Ilustração/ Divulgação

Colégio Estadual de Quixabeira promove o projeto Conexões Literárias – Sabor & Leitura

Conex lite CEQ5

“Ler o mundo é sem dúvida uma viagem ao desconhecido, é se lançar em aventuras e descobertas fantásticas. É ter a compreensão do mundo em sua totalidade se reconhecendo enquanto parte integrante e ativa deste contexto. Por isso acredita-se que, a priori, o despertar prazeroso da leitura é muito mais importante e real do que o ensino de sua mera decodificação e técnicas.”

Conex lite CEQ2

Nessa perspectiva de ler e deleitar-se é que o Colégio Estadual de Quixabeira promoveu na tarde da última terça-feira dia 15 do corrente mês, mais uma etapa do projeto de leitura “Tempo de ler por prazer: eu leio, você lê, todos pensam e nós lemos o mundo?” . O evento aconteceu em parceria com a turma do PROEMI – Programa Ensino Médio Inovador e foi marcado com a presença dos docentes, discentes e convidados que abrilhantaram a ação leitora do dia. Em tempo, houve apresentação de alunos das turmas do 1º. ano declamando suas poesias de autoria pessoal que serviram como elemento motivador para o projeto estruturante da rede estadual TAL – Tempo de Arte Literária- , além do lançamento dos livros  de poesias “Diálogos Poéticos: poemas de quem ensina e aprende” e “ Versos, reversos e anversos” contando com a presença dos escritores Luciano Xavier, Kaiky Nunes e Marcone Denys – professor da referida escola; além das  poesias degustadas, houve também apresentação musical com Kaiky e a pequena Maria Rita Anastácio de 7 anos que emocionou o público.

Conex lite CEQ6

Conex lite CEQ3

 

 

Conex lite CEQ1

 

 

*Texto enviado pelo Colégio Estadual de Quixabeira.

IPIRÁ SEDIOU FORMAÇÃO DO PNAIC

20180516_141732

Com a presença das formadoras Débora Santana e Lorena Benevides, juntamente com formadores locais, foi realizada na cidade de Ipirá nos dias 16 e 17 de maio a formação do PNAIC (Plano Nacional pela Alfabetização na Idade Certa) sediado no CETEP Bacia do Jacuípe.

Contando com a participação dos formadores dos municípios do Território da Bacia do Jacuípe que pertencem ao NTE 15, foram promovidos vários diálogos e reflexões sobre o papel do professor alfabetizador buscando melhorias no processo de alfabetização das crianças do ciclo.

20180517_090130 ED1

Segundo Luiza Macedo, formadora local de Ipirá “o encontro foi prazeroso e de muitas aprendizagens e conhecimentos. É muito bom refletir sobre a prática pedagógica e poder proporcionar às nossas crianças uma aprendizagem significativa e dinâmica”.

20180517_090134 ed2

Nesse II ciclo formativo buscou-se discutir sobre os direitos de aprendizagem fazendo um link com a BNCC refletindo sobre o lugar das Ciências Naturais e Humanas nas salas de aula das crianças do ciclo. “Também revisitamos e dialogamos sobre o ensino da matemática e competência leitora das crianças” disse a formadora Lorena Benevides.

1ª. Semana de Enfermagem do CETEP Bacia do Jacuípe

IMG-20180518-WA0034

 

Com o objetivo da qualificação profissional do Eixo de Saúde com o tema: Saúde para todos: A atuação do profissional de Enfermagem e suas contribuições na sociedade atual, aconteceu no CETEP Bacia do Jacuípe em Ipirá, entre os dias 14 e 15 de maio a 1ª Semana de Enfermagem.

O evento contou com a participação de professores, preceptores, alunos, gestores, funcionários e comunidade (convidados). Utilizando recursos e parcerias nos espaços do colégio, as atividades ocorreram com o intuito dar mais atenção e cuidado que o Eixo de Saúde necessita por se tratar de cursos que lidam diretamente com vidas. Pensando nisso, foi organizado a 1ª Semana de Enfermagem do CETEP para ajudar na preparação e qualificação profissional dos nossos alunos no intuito de prepara-los para o campo de estágio, bem como a profissão que estão abraçando.

IMG-20180518-WA0033

Segundo o aluno Nadson Lima ele encontrou o que faltava, “foi como ‘mais uma seta me guiando’ no trajeto profissional que escolhi. Estou amando cada vez mais; pude absorver um pouco mais de conhecimento relacionado a área que escolhi para desenvolver. Com certeza me encontrei na área; encontrei capacitação de qualidade, assim como profissionais com verdadeiro intuito e desejo de capacitar seus alunos”.

A semana foi aberta com uma apresentação cultural de Leone Costa e a formação de uma mesa para falar do tema principal com o Diretor do CETEP, convidados e palestrantes. No decorrer as atividades foram sendo desenvolvidas através de minicursos, palestras e oficinas ligados aos temas: Primeiro Socorros, Cálculo de Administração de Medicamentos,Feridas e Curativos, Métodos Contraceptivos e DST’s, Parada Cardiorespiratória e uma Sala de Vacinas e Calendário Vacinal.

IMG-20180518-WA0031

“A Semana de Enfermagem do CETEP-Ipirá foi bastante motivadora para toda equipe profissional envolvida na sua elaboração e para os alunos que fizeram da sua presença maciça uma ilustração do aprendizado aplicado. Como preceptora de Enfermagem e Enfermeira Especialista em Urgência e Emergência, escolhi aplicar o conhecimento de primeiros socorros, por crer ser de vital importância, para uma abordagem específica desta temática, visando promover a saúde dos nossos usuários com extensão à sociedade, como também fortalecer o conhecimento técnico dos nossos alunos alicerçando sua formação com melhor primazia. Sou grata por essa magnífica participação que pude experienciar ao lado da família CETEP Ipiraense.” (Enfª. Eliene de Cerqueira)

A Semana de Enfermagem abriu espaço de discussão para as inovações na forma de ensino x aprendizagem. Foram momentos de reflexões do aprender fazendo. Gerou, também, motivação para alunos e professores do eixo de Saúde para continuar esse processo de formação e qualificação visando o bom desenvolvimento do estágio, bem como a produtividade em sala de aula e o reconhecimento profissional.

IMG-20180518-WA0029

IMG-20180518-WA0030

 

 

 

 

 

 

IMG-20180518-WA0032

Série de atividades educacionais aconteceram em todo o Território da Bacia do Jacuípe

IMG-20180511-WA0075

 

A segunda semana de maio começou a todo o vapor. Uma série de atividades realizadas pelo NTE 15 e SEC  envolveram todos os municípios do Território da Bacia do Jacuípe.

- I CONFERÊNCIA TERRITORIAL INFANTO JUVENIL PELO MEIO AMBIENTE

Na segunda-feira 07/05 aconteceu no CETEP Bacia do Jacuípe II – João Campos, em Riachão do Jacuípe a I Conferência Territorial InfantoJuvenil Pelo Meio Ambiente – Território Bacia do Jacuípe, com o tema: Vamos cuidar das águas da Bacia do Jacuípe.

A Conferência Nacional Infanto-juvenil pelo Meio Ambiente (CNIJMA) é uma iniciativa do Órgão Gestor da Política Nacional de Educação Ambiental (PNEA), constituído pelo Ministério da Educação (MEC) e pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) e tem como objetivo a mobilização de estudantes, adolescentes e jovens de todo o país visando promover a reflexão, o desenvolvimento de estudos e pesquisas, além de estimular a proposição de ações e projetos no contexto da temática socioambiental, considerando seus desafios e alternativas, no âmbito da escola e de seu entorno.

A conferência teve início com a explanação dos palestrantes o professor e filósofo Antônio Reis Oliveira de Jesus e a representante do Projeto Adapta Sertão a Senhora Nereide Segalla Coelho. Logo após em espaços do CETEP II foram apresentados 20 projetos criados pelos alunos do Ensino Fundamental II das escolas municipais dos municípios do Território da Bacia do Jacuípe.

Após a análise da apresentação dos projetos quatro foram selecionados para que fossem escolhidos dois para representar o território na conferencia estadual a ser realizada posteriormente.

Os dois projetos que representaram o Território da Bacia do Jacuípe na etapa estadual são:

- Água cinza, opção verde.  Escola Municipal Durval Santos Silva – Mairi;

- Água: a riqueza do uso racional. Escola Municipal Roque Dias da Silva – Nova Fátima.

Finalizando a I Conferência foram escolhidos também 8 delegados que representarão o território na Conferência Estadual.

IMG-20180511-WA0088 - Cópia

- FORMAÇÃO DE PROFESSORES PARA O PROJETO CIÊNCIA NA ESCOLA

Dividido em três polos para facilitar a logística e deslocamento dos participantes envolvidos na terça-feira 08/05 aconteceu o primeiro dos polos no CETEP Bacia do Jacuípe III na cidade de Capim Grosso com a formação de professores para o Projeto Ciência na Escola.

Com a proposta de construção do conhecimento científico de forma coletiva e socializada, a formação tem como objetivo o incentivo à pesquisa e extensão na área da ciência, vinculando a mesma ao processo de ensino-aprendizagem onde o professor possa se tornar um pesquisador da sua própria prática diária, incentivando os alunos a produzirem soluções práticas para as mais diversas situações que o rodeiam no contexto em que vivem.

Sob as orientações da professora Marília Fontes da SEC participaram dessa formação professores da Rede Estadual de Ensino dos municípios de Gavião, Mairi, Quixabeira, Várzea do Poço, Várzea da Roça e de Capim Grosso.

Em Riachão do Jacuípe, na quarta-feira dia 09/05 no Colégio Estadual Maria Dagmar Miranda, no segundo polo se fizeram presentes professores da Rede Estadual representando os municípios de Capela do Alto Alegre, Nova Fátima, Pé de Serra e de Riachão do Jacuípe, também com as orientações da professora Marília Fontes.

O terceiro polo aconteceu em Ipirá quinta-feira dia 10/05, fechando esse ciclo sobre o Ciência na Escola na biblioteca do Colégio Estadual Maria Bastos Melo com os professores dos municípios de Baixa Grande, Pintadas, Serra Preta e Ipirá. A professora Marília Fontes da SEC também foi a formadora desse grupo de professores da Rede Estadual de Ensino neste último polo.

IMG-20180511-WA0089 - Cópia

- FORMAÇÃO E ATUALIZAÇÃO PARA SECRETÁRIOS DOS COLÉGIOS ESTADUAIS

Em paralelo com a formação do Ciência na Escola nos dias 08, 09 e 10/05 ocorreram as formações para os secretários dos colégios estaduais do Território da Bacia do Jacuípe.

Organizados também por polos, nos dias 08 e 09/05 as formações com os secretários aconteceram no CETEP III em Capim Grosso e no Colégio Maria Dagmar Miranda em Riachão do Jacuípe, envolvendo secretários dos colégios das cidades de Capim Grosso, Gavião, Mairi, Quixabeira, Várzea do Poço e Várzea da Roça; Riachão do Jacuípe, Capela do Alto Alegre, Nova Fátima e Pé de Serra, respectivamente. Nesses dois polos as orientações ficaram sob responsabilidade dos servidores do NTE 15 Vera Lúcia Souza Silva e Karina Fabris Almeida do Amaral.

A formação do polo em Ipirá aconteceu no CETEP Bacia do Jacuípe I e contou com a participação dos secretários dos colégios estaduais dos municípios de Ipirá, Baixa Grande, Pintadas e Serra Preta, sob as orientações de Vera Lúcia.

O objetivo da formação e atualização dos secretários busca a valorização das atividades desses profissionais incentivando a sua qualificação. Segundo a secretária Nilcélia Lima Rocha, do Colégio Estadual Nossa Senhora de Lourdes, localizado no Ponto de Serra Preta, “esse encontro de formação é de grande importância, a gente consegue trocar experiências, vivências, ideias com os colegas, adquirindo mais conhecimento ainda. Tiramos as dúvidas e no debater durante a formação chegamos a conclusão que temos que fazer dessa forma mesmo que estamos sendo orientados, graças a esse momento que a Secretaria de Educação nos proporciona”.

A formação visa ajustar as atividades e os conhecimentos através das trocas de experiências e situações entre os secretários atualizando-os sobre os novos pareceres que foram mudados devido às novas roupagens das modalidades de ensino, como por exemplo, o ensino técnico profissionalizante nos últimos anos.

Esse momento formativo e de atualização é de essencial importância para a fluidez das atividades desenvolvidas nas Unidades Escolares estaduais.

IMG-20180511-WA0079

IMG-20180511-WA0078

IMG-20180511-WA0081

IMG-20180511-WA0076

IMG-20180511-WA0077

IMG-20180511-WA0085 - Cópia

IMG-20180511-WA0087

IMG-20180511-WA0080

IMG-20180511-WA0073

IMG-20180511-WA0083

IMG-20180511-WA0082

Secretaria da Educação do Estado consulta comunidade escolar para a construção do Currículo Bahia

Matéria escuta Curriculo Bahia2 -Foto. Gabriel Carvalho (10)

 

Estudantes, professores, gestores, funcionários e comunidade das unidades escolares das redes de ensino estadual, municipal e privada podem contribuir na construção coletiva do Currículo Bahia, que visa contemplar as necessidades educacionais dos baianos na contemporaneidade. Para isso, está promovendo a “Escuta Inspiracional”, para ouvir a comunidade escolar sobre aspectos qualitativos e quantitativos  das unidades escolares, por meio de um formulário Google disponível no link: http://municipios.educacao.ba.gov.br/escuta-inspiracional-2%C2%AA-fase.

Esta já é a segunda parte de execução do projeto “Faz Sentido”, que está sendo desenvolvido em parceria com os Institutos Inspirare, Telus e Unibanco. A primeira fase da “Escuta Inspiracional” foi realizada no mês de março, por meio de 80 rodas de conversas realizadas em dez Territórios de Identidade da Bahia. A partir da escuta, foi possível elaborar os questionários para esta segunda etapa, cujos questionários ficarão disponíveis para preenchimento na plataforma digital, até o dia 30 de abril.

Segundo a coordenadora de Currículo e Desenvolvimento Humano da Secretaria da Educação do Estado, Jurema Brito, as informações evidenciadas a partir dos formulários da segunda fase, servirão como uma das referências para a escrita do Currículo Bahia, que será elaborado por uma equipe de currículo, formada por professores representantes das redes estadual, municipal e privada do Estado da Bahia, conforme orientações do Ministério da Educação (MEC).

Jurema Brito fala sobre a necessidade do envolvimento da comunidade escolar neste processo. “É importante que todos os atores e atrizes educacionais das comunidades escolares baianas possam opinar sobre o que está funcionando e o que não está funcionando nas unidades escolares, públicas e privadas do Estado. A partir desse diagnóstico, buscaremos elaborar o Currículo Bahia, um documento a servir de referência para a elaboração dos currículos das unidades escolares e que, de fato, auxilie nas práticas pedagógicas dos educadores baianos. É importante citar que esse documento passará por duas versões e a primeira está prevista para ser apresentada à comunidade baiana, no mês de julho”, destacou a coordenadora.

Foto: Ilustração/ Gabriel Carvalho

 

Governo do Estado lança projeto e-Nova Educação em parceria com o Google

e-nova

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação, lança, nesta quarta-feira (4), o projeto e-Nova Educação, em parceria com o Google. O projeto vai levar tecnologias digitais para a sala de aula, integrando acesso a internet de alta velocidade com os dispositivos móveis, dentro da proposta de propiciar a contextualização da Educação no século XXI. O lançamento será às 9h, no Instituto Anísio Teixeira (IAT), com as presenças do governador Rui Costa, do secretário da Educação, Walter Pinheiro, do principal executivo mundial do Google for Education, Bram Bout, bem como dos diretores para o Mercado Internacional, John Vamvakitis, para a América Latina, Rodrigo Pimentel, e para o Brasil, Alexandre Campos Silva.

Para o Secretário Walter Pinheiro, o e-Nova Educação é um marco na contextualização dos processos de ensino e aprendizagem na rede estadual. “O e-Nova Educação é uma iniciativa estratégica que estamos implementando para fortalecer o eixo pedagógico das escolas, por meio de um conjunto de aplicativos de última geração, configurando uma rede social de conhecimentos que integra estudantes e professores à realidade do mundo em que vivemos. Este projeto potencializa os processos de inovação nas escolas e contribui efetivamente na preparação dos estudantes para a vida e para o mundo do trabalho”, afirmou.

DSC_0328O e-Nova Educação contemplou, em sua fase piloto, escolas de 11 municípios baianos – Salvador, Feira de Santana, Mata de São João, Camaçari, Lauro de Freitas, Jequié, Vitória da Conquista, Ilhéus, Itabuna, Senhor do Bonfim e Luís Eduardo Magalhães –, englobando 20 escolas das mais variadas modalidades de oferta, desde Centros Noturnos de Educação até escolas regulares, passando, também, por Centros de Educação Profissional, dentre outros. Nessa etapa foram adquiridos 300 chromebooks para a utilização no teste e em processos de formação.

O coordenador geral de Articulação de Projetos para a Educação da Secretaria da Educação do Estado, Rogério Quintella, destaca que a meta é chegar a 500 unidades escolares ainda este ano, já tendo sido adquiridos 14 mil chromebooks para a distribuição entre essas escolas.

Formação – No final de 2017, na etapa piloto, foram formados cerca de 650 educadores, 130 dos quais tentaram e tiveram sucesso na obtenção da certificação internacional. “Nesta semana, já superada a fase de projeto piloto, temos 24 mil professores concluindo o primeiro dos dois módulos que compõem a formação inicial para o uso pedagógico dessas tecnologias educacionais, sob a responsabilidade da UFBA, em parceria com o Instituto Paramitas”, completa Quintella.

Youtube – O Projeto conta com um canal no youtube onde estes e diversos outros depoimentos podem ser conferidos: https://www.youtube.com/channel/UC-fijVyDFVtGJBis2t3oSHw

DSC_0349

 

 

 

 

Fotos: Ilustração/ Josenildo Almeida

Diretores podem solicitar remanejamento e reserva técnica de livros para as escolas

Entrega de livros didaticos no Mestre Paulo dos Anjos (28)- Edt 1

 

Está aberto, até o dia 13 de abril, o sistema para remanejamento de livros didáticos e solicitação da reserva técnica para aquisição de novos exemplares para as unidades escolares. O remanejamento é destinado à troca de livro entre escolas, buscando equilibrar as quantidades disponibilizadas para cada uma. A solicitação técnica apenas deve ser feita quando o remanejamento de livros não for suficiente, analisado a quantidade real de estudantes e as quantidades de livros disponíveis por escola. O sistema pode ser acessado no endereço pdeinterativo.mec.gov.br.

A coordenadora de Livros Didáticos e Biblioteca da Secretaria da Educação do Estado, Alessandra Santana, fala sobre a importância do processo. “Os gestores devem ficar alertas, pois para demandar livros na Reserva Técnica é necessário ofertar algum livro na aba de ‘Remanejamento de Livros’. Cada rede de ensino tem à sua disposição livros para atender até 3% da projeção de matrículas deste ano. Por isso, o pedido tem que ser de acordo com a real necessidade de livros apenas para o ano de 2018”, afirmou.

Entrega de livros didaticos no Mestre Paulo dos Anjos (2) Edt 2

O objetivo do Sistema de Remanejamento é auxiliar os sistemas de ensino estaduais, municipais e do Distrito Federal na realização das trocas de livro entre escolas, buscando equilibrar as quantidades disponibilizadas a cada uma. Caso o remanejamento não tenha suprido a demanda de livros das escolas, é possível solicitar a reserva técnica pelo mesmo sistema

Todas as orientações quanto à execução do PNLD em seu âmbito de gestão e, mais especificamente, quanto à utilização do sistema, estão disponíveis no portal do FNDE, em www.fnde.gov.br >> Programas > Programas do Livro > Livro didático > Apoio à Gestão.

 Fotos: ilustração/ Claudionor Junior