SEC divulga resultado do sorteio eletrônico para cursos técnicos de nível médio

O sorteio eletrônico para o processo seletivo de 8.750 vagas de cursos técnicos de nível médio na rede estadual de ensino foi realizado nesta terça-feira (3), pela Secretaria da Educação do Estado (SEC). O processo teve transmissão ao vivo, no canal oficial da SEC no Youtube (https://bit.ly/37jvIkY), com o acompanhamento da Ouvidoria da SEC, Ouvidoria Geral do Estado e do Ministério Público, entre outros órgãos controladores. Os nomes contemplados podem ser conferidos no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br). A matrícula dos aprovados começa nesta quarta-feira (4) e prossegue até sexta (6), na sede da unidade escolar para a qual foi contemplado.
>> Acesse o resultado do sorteio eletrônico (https://bit.ly/3xnk1Ez)
O superintendente da Educação Profissional e Tecnológica do Estado, Ezequiel Westphal, se encarregou em iniciar o processo seletivo, na presença das autoridades convidadas e sob a expectativa de mais de 31 mil candidatos inscritos. “A Secretaria da Educação zela por todos os processos de lisura e transparência de seus atos públicos, a exemplo deste sorteio eletrônico, sempre partilhado com toda a sociedade, desde o lançamento do edital à matrícula dos cursos técnicos, ofertados com o objetivo de fortalecer a política de expansão da Educação Profissional e Tecnológica na rede estadual”.
Para a matrícula, os contemplados deverão portar Histórico Escolar (original); Célula de Identidade (original e cópia); Cadastro de Pessoa Física – CPF (original e cópia); e comprovante de residência (original e cópia). Mediado por Jaiane Fiaz, da Superintendência da Educação Profissional e Tecnológica, o processo seletivo contou com a participação de representantes da Ouvidoria da Educação, Francisco Neto; da Defensoria Pública, Ariana Souza; do Tribunal de Contas do Estado da Bahia, Ana Patrícia Crisóstomo Pereira; do Fórum Estadual da Educação da Bahia, Fátima Freire; e da Procuradoria Geral do Estado, Marcela Capachi.
Cursos técnicos –  Os cursos são voltados às pessoas que concluíram o Ensino Médio na rede pública de ensino. O edital prevê a formação de 186 turmas em um total de 38 cursos técnicos subsequentes ao Ensino Médio, destinados a 77 unidades escolares em 25 Territórios de Identidade.  Entre os cursos ofertados estão os de Administração, Agente Comunitário de Saúde, Agroecologia, Agroindústria, Agropecuária, Alimentos,  Análises Clínicas, Biotecnologia, Composição e Arranjo Musical, Dança, Desenho e Construção Civil, Edificações, Eletrotécnica, Enfermagem, Gastronomia, Gerência em Saúde, Guia de Turismo, Informática, Instrumento Musical, Logística, Mecânica, Meio Ambiente, Nutrição e Dietética, Áudio e Vídeo, Química, Recursos Humanos, Redes de Computadores, Regência, Saúde Bucal, Secretariado, Segurança do Trabalho, Serviços Técnicos Jurídicos e Zootecnia.

Foto: Divulgação

SEC realiza consulta pública do Documento Curricular Referencial Bahia (DCRB)

A Secretaria da Educação do Estado (SEC) está realizando a consulta pública do Documento Curricular Referencial Bahia (DCRB) do Ensino Médio. A consulta prossegue até o dia 12 de agosto, no Portal da Educação (http://dcrb.educacao.ba.gov.br/), para que a comunidade possa ler o documento e fazer suas contribuições através de formulários virtuais. O objetivo é aprimorar e qualificar ainda mais o documento, assegurar a transparência, a legitimidade e a participação dos interessados no processo.

A superintendente de Políticas para a Educação Básica da SEC, Manuelita Brito falou sobre a importância da construção do DCRB, a partir do texto-base, por meio da consulta pública. “A Bahia já tem o seu DCRB da Educação Infantil e do Ensino Fundamental, que foi homologado no final de 2019, e agora a gente dá mais um passo importante, que é o volume que trata da etapa do Ensino Médio e suas diversas ofertas e modalidades. Este é um momento importante para a construção do documento, mas o currículo acontece na escola, observando a BNCC (Base Nacional Comum Curricular) como também o nosso território”.

Sobre o DCRB – O Documento Curricular Referencial da Bahia (DCRB) é o normativo estadual que visa orientar os Sistemas, as redes e as instituições de ensino da Educação Básica do Estado, na elaboração dos seus referenciais curriculares e/ou organização curricular escolar, por meio dos seus Projetos Políticos Pedagógicos (PPP).  O Volume 2 do DCRB tratará da organização curricular das ofertas do Ensino Médio Regular e da Educação Integral, além da modalidade de Educação Profissional e Tecnológica (EPT).

Foto: Ilustrativa

SEC abre inscrições de 6.510 vagas para cursos técnicos de nível médio voltados a concluintes do Ensino Médio da rede pública

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC) publicou, nesta quarta-feira (21), o edital de processo seletivo  para o  preenchimento de 6.510 vagas de cursos técnicos de nível médio para 47 municípios baianos. A ação é mais uma iniciativa do governo do Estado, visando ampliar a oferta de cursos técnicos nos territórios de identidade. Os cursos são voltados às pessoas que concluíram o Ensino Médio na rede pública de ensino e as inscrições seguem até o dia 1° de agosto, através do portal: http://processoseletivoeptec.educacao.ba.gov.br/ 

Veja o edital aqui: https://bit.ly/3kK11gC 

O superintendente da Educação Profissional e Tecnológica do Estado, Ezequiel Westphal, falou sobre este novo edital. “Esta nova oferta soma-se às demais ações que vêm sendo desenvolvidas pelo Governo da Bahia para fortalecer a política de expansão da Educação Profissional e Tecnológica na rede estadual. Outro exemplo é o Educar para Trabalhar, importante Programa no âmbito do Estado Solidário, por meio do qual, a oferta de cursos de qualificação profissional contemplou os 417 municípios baianos, proporcionando formação profissional para os estudantes e egressos da rede estadual de ensino”, afirmou. 

O edital prevê a formação de 186 turmas, em 33 cursos técnicos subsequentes ao Ensino Médio. Os cursos ofertados são os seguintes: Administração, Agente Comunitário de Saúde, Agroecologia, Agroindústria, Agropecuária, Alimentos,  Análises Clínicas, Biotecnologia, Composição e Arranjo Musical, Dança, Desenho e Construção Civil, Edificações, Eletrotécnica, Enfermagem, Gastronomia, Gerência em Saúde, Guia de Turismo, Informática, Instrumento Musical, Logística, Mecânica, Meio Ambiente, Nutrição e Dietética, Áudio e Vídeo, Química, Recursos Humanos, Redes de Computadores, Regência, Saúde Bucal, Secretariado, Segurança do Trabalho, Serviços Técnicos Jurídicos e Zootecnia. 

O sorteio será realizado no próximo dia 3 de agosto, com transmissão ao vivo, no canal oficial da SEC no Youtube (https://www.youtube.com/educacaobahia1). Os aprovados devem realizar as matrículas de 4 a 6 de agosto, na sede da unidade escolar para a qual foi contemplado. Para mais informações e esclarecimento de dúvidas, os candidatos podem encaminhar um e-mail para:  suprot.regulacao@enova.educacao.ba.gov.br

Foto: Claudionor Jr

Colégios estaduais seguirão protocolos com foco na segurança da comunidade escolar

As escolas da rede estadual de ensino seguirão um protocolo sanitário para a segunda fase do ano letivo continuum 2020/221, iniciado no dia 15 de março, e que passará para o híbrido, no dia 26 de julho. Para garantir a segurança dos estudantes e de toda a comunidade escolar, diversos procedimentos serão adotados, como aferição da temperatura, uso obrigatório de máscaras e distanciamento de 1,5 metros entre as pessoas. Investimentos foram feitos para a disponibilização de álcool em gel 70%; instalação de pias e lavabos para a higienização das mãos; e colocação de tapetes sanitizantes, dentre outros medidas. Os protocolos estão disponíveis no Portal da Educação, no link: https://bit.ly/3hEveuj

O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, explicou sobre as aulas no formato híbrido. “Neste novo momento, o estudante vai ter três dias na escola e três dias em casa. A escola vai informar aos estudantes o calendário dos dias alternados. Além da adequação das escolas com os protocolos sanitários, também disponibilizaremos máscaras para os educadores, trabalhadores e estudantes e mais uma farda para os estudantes nesta nova fase de aulas, para que tudo ocorra com responsabilidade e a segurança devida”.  

O diretor do Colégio Estadual Manoel Devoto, em Salvador, falou das adequações realizadas na unidade. “Desde 2020, a gente vem fazendo melhorais internas no ambiente escolar, a exemplo de instalação de pias, dispensers de álcool em gel 70%, marcações nos espaços com plotagem e fitas no chão. Já estamos preparados para a fase do ensino híbrido e discutimos com o colegiado escolar qual o melhor caminho para atuarmos no cotidiano para recebermos os nossos alunos com segurança”. 

Diálogo – Durante todo este tempo de pandemia, a SEC também buscou o diálogo com os diversos sujeitos da Educação, a exemplo dos estudantes; da UPB, UNDIME, UNCME, APLB; de sindicatos; dos fóruns de Educação; do Instituto de Educação Superior; e dos órgãos de controle, iniciativa que vem sendo fomentada, ainda mais, nestes dias que antecedem o início das atividades semipresenciais na rede estadual de ensino.  Nesta quarta-feira (14), por exemplo, a Secretaria promoveu um encontro com a UPB, UNCME e UNDIME sobre a questão. 

Fotos: Claudionor Jr

Crédito do Bolsa Presença será efetivado neste sábado (10) pelo Governo do Estado

O Governo do Estado realiza novo crédito do programa Bolsa Presença, neste sábado (10).  Parte das ações de assistência estudantil desenvolvidas no âmbito do Programa Estado Solidário, o Bolsa Presença tem o objetivo de apoiar financeiramente as famílias dos estudantes cadastradas no CadÚnico e assegurar a permanência dos alunos nas atividades letivas.  
O  Bolsa Presença, no valor de R$ 150 por mês, deve alcançar 311 mil famílias de 357 mil estudantes da rede estadual de ensino. Ao todo, são destinados R$ 208 milhões para as seis parcelas do programa. O crédito, que é depositado nos cartões entregues às famílias pela Secretaria da Educação do Estado (SEC),  pode ser utilizado de acordo com a necessidade de cada família, como a compra de alimentos ou material escolar.
Vale-alimentação – Já o crédito do Programa Vale-alimentação Estudantil (PVAE) será efetuado no dia 15 de julho. O PVAE tem o objetivo de garantir a segurança alimentar dos estudantes e de suas famílias e o investimento já soma R$ 316 milhões com recursos próprios do Estado.
Todos os estudantes matriculados na rede estadual de ensino (cerca de 900 mil) recebem o valor de R$ 55 por parcela. O valor é exclusivamente para a compra de alimentos, como feijão, arroz, marcarão, ovos, carne e leite, sendo de livre escolha do estudante. Os alimentos podem ser comprados em mais de 20 mil estabelecimentos credenciados nos 417 municípios baianos, além de distritos e povoados, movimentando, também, a economia local e do Estado.  
Em caso de dúvida sobre o Bolsa Presença e o vale-alimentação, o estudante ou pais/responsáveis deve entrar em contato com a escola onde está matriculado ou pelos canais da Ouvidoria (0800 284 0011 e e-mail ouvidoria@educacao.ba.gov). Outras opções são as contas do Facebook (@ouvidoriageraldabahia) e do Instagram (@ouvidoriageralbahia) da Ouvidoria Geral do Estado, que passaram a ser usadas para otimizar esta prestação de serviços aos estudantes, professores, servidores e sociedade de um modo em geral.

Foto: Ilustrativa 

SEC realiza inscrições para formação com foco no Novo Ensino Médio para 1.200 educadores

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC) lançou, nesta terça-feira (6), durante live, o segundo Módulo de Atualização em Projeto de Vida e Cidadania, que tem como foco o Novo Ensino Médio. A formação on-line, com 41 horas, dividida em duas etapas, será voltada para 1.200 professores e coordenadores pedagógicos. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas, até o dia 16 de julho, pelo link bit.ly/InscriçãoPV2021. A iniciativa é uma parceria da SEC com a Fundação Telefônica Vivo, através do Projeto Multiplicadores do Programa Pense Grande na Bahia.
A primeira etapa da formação, que acontecerá de 2 a 30 de agosto, na plataforma Escolas Conectadas, abordará conteúdos como introdução do tema de Projeto de Vida; escuta e reflexão sobre memória; e experiências práticas de implementação do componente, dentre outros. Já na segunda etapa, que será realizada no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) da SEC, no período de 13 de setembro a 8 de novembro, serão trabalhados conteúdos como projeto de vida na escola; juventudes e identidade; emundo do trabalho, dentre outros. A culminância da formação será no dia 1º de dezembro.
A superintendente de Políticas para a Educação Básica, Manuelita Brito, falou da importância da formação. “Fizemos a primeira edição dessa formação em 2020 e foi um sucesso. Ela é fruto de uma excelente receptividade que a gente teve na rede, de um ótimo feedback dos educadores. Eles concluíram essa formação que traz uma abordagem que dialoga com o projeto de vida dos educadores”, destacou.
Com o tema “Projeto de vida na Educação: identidades, territórios e transformações”, a live de lançamento ainda contou com a participação de especialistas convidados, como a doutorando em Educação pela UFMG, Macaé Evaristo; os educadores Valéria Arantes (USP) e Casé Angatu Xukuru Tupinambá (UFSB); a gerente sênior de Educação da Fundação Telefônica Vivo, Lia Glaz; a coordenadora do projeto, Rebeca Ribas; e os educadores Gilbene Esquivel e Elienson Teixeira, que apresentaram o e-Book “Projeto de vida: uma porta de entrada para o Novo Ensino Médio”, que destaca os pontos marcantes da primeira formação realizada em 2020.
Foto: Ilustrativa

Concurso premiará estudantes por vídeos educativos sobre cuidado em tempos de pandemia

A Secretaria Estadual da Educação do Estado da Bahia (SEC) está com inscrições abertas para a 7º edição do concurso “Saúde na Escola – Promovendo a Educação para a Saúde”. O concurso é realizado no âmbito do Programa Educação Ambiental e Saúde, para a seleção de vídeos educativos produzidos por estudantes da rede pública estadual.
Neste ano, o concurso aborda o tema central: “O protagonismo estudantil contra o novo coronavírus – cuidando de si e dos outros em tempos de pandemia”. Com o objetivo de estimular o processo criativo e a conscientização sobre o tema, os conteúdos deverão ser produzidos por estudantes regulamente matriculados no Ensino Fundamental ou Ensino Médio de uma unidade de ensino da rede pública estadual.
As inscrições serão realizadas até 3 de setembro de 2021. Até lá, as escolas realizam um processo de sensibilização e os estudantes interessados deverão elaborar um roteiro que servirá como referência na produção dos vídeos, com a orientação de um professor. Após a etapa de criação, a unidade escolar deverá enviar o material, com os documentos indicados no edital, para o Núcleo Territorial de Educação (NTE) ao qual está vinculada, para concorrer a etapa territorial. Cada NTE vai selecionar um vídeo, que segue como representante do território na etapa estadual, que contará também com um site para a votação popular. Os três primeiros projetos com o maior número de votos serão premiados. O resultado final será divulgado no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br), no dia 06 de dezembro de 2021.
Premiação Na etapa territorial, cada estudante autor do vídeo selecionado pelo NTE receberá um tablet. No concurso estadual, os três primeiros projetos receberão dois notebooks por vídeo classificado, sendo um para um estudante autor e o outro para o professor orientador. As unidades escolares dos projetos premiados receberão um projetor multimídia. Além dos prêmios citados, todos os finalistas da etapa estadual receberão uma placa de menção honrosa, como forma de reconhecimento ao desempenho e ao trabalho pedagógico realizado. Acesse o edital no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br)

Foto: Divulgação

Inscrições de projetos para a 9ª Feira de Ciências, Empreendedorismo e Inovação seguem até sexta-feira (2)

A Secretaria da Educação do Estado (SEC) realiza, até 2 de julho, as inscrições para a submissão de projetos escolares da rede estadual de ensino para a 9ª Feira de Ciências, Empreendedorismo e Inovação da Bahia (FECIBA). A atividade, que conta com a mobilização de estudantes e professores, será realizada em formado virtual, na plataforma do Instituto Anísio Teixeira (IAT), entre os dias 25 e 29 de outubro, com o tema “Territórios educativos e suas experiências científicas”.
A FECIBA tem como objetivo promover a popularização da Ciência e o fortalecimento da Educação Científica por meio de projetos desenvolvidos por alunos e educadores da rede pública estadual da Bahia. Serão selecionados 250 projetos de iniciação científica desenvolvidos por estudantes regularmente matriculados nas modalidades e ofertas da rede pública estadual da Bahia, como Ensino Fundamental, 6º ao 9º ano; Ensino Médio, 1ª, 2ª e 3ª série; e Educação Profissional e Tecnológica, 1ª, 2ª, 3ª e 4ª série, considerando as matrículas realizadas em 2021, sob orientação dos professores da rede de Educação pública da Bahia.
Nesta edição, acrescenta-se também como objeto a seleção de atividades artísticas com temas científicos pelos alunos das modalidades e oferta já citadas e de relatos dos professores orientadores. A FECIBA contempla quatro modalidades:  Projeto de Pesquisa em Andamento; Pesquisas Científicas Concluídas; Performances Científicas; e Relato de Experiências de Orientação Científica. A adesão à 9ª FECIBA deve ser feita pelas unidades escolares estaduais, mediante preenchimento do formulário de adesão disponibilizado pela SEC, no Portal da Educação (http://estudantes.educacao.ba.gov.br/feciba). Os professores orientadores interessados em participar da 9ª FECIBA, no formato virtual, deverão preencher o formulário de submissão, também disponível no mesmo endereço.

Foto: Claudionor Jr

Aprovados no concurso da Educação têm até quinta-feira (1º) para enviar documentos

Os 306 professores e 42 coordenadores pedagógicos chamados pelo concurso público da Educação têm até a próxima quinta-feira (1º), para enviar os documentos solicitados digitalizados para o e-mail ingressocpm.sec@enova.educacao.ba.gov.br. A previsão é a de que as funções sejam assumidas entre os meses de agosto e setembro de 2021. A lista de convocados está disponível no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br).
Também está disponível no Portal da Educação, a Portaria nº 1053/2021, que tornam públicos os quadros de vagas por Núcleo Territorial de Educação (NTE) e por município, do concurso público, para provimento dos cargos de professor e coordenador pedagógico Padrão P, grau III, 40 horas semanais, para que os candidatos aprovados e convocados façam a opção, conforme disposto no Edital SAEB/02/2017. O candidato que não declarar a sua opção de lotação ou não tiver interesse nos municípios disponibilizados como opção será lotado a critério da Administração, ressalvado o direito de pedido de desistência da nomeação.
Documentação – Dentre os documentos necessários solicitados, destacam-se: diploma devidamente registrado de conclusão de curso de nível superior para a disciplina a qual concorreu; títulos obtidos no exterior revalidados no Brasil, se for o caso; carteira de identidade, CPF, certidão de nascimento ou de casamento ou de divórcio; número de conta corrente do Banco do Brasil; título de eleitor; e declaração de não-acumulação de cargos, empregos e funções, ainda que não remunerados, dentre outros.
Após recebimento do e-mail, a SEC entrará em contato com os candidatos convocados para agendamento da entrega da documentação em original e fotocópia. No interior do Estado, os candidatos devem comparecer nas sedes dos respectivos Núcleos Territoriais de Educação (NTEs), nos horários das 8h30 às 11h30 e das 14h às 17h30. Já na capital, o local indicado é o Núcleo Territorial de Educação de Salvador (NTE 26), localizado na SEC, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), nos mesmos horários já informados. Na entrega dos documentos, o candidato receberá um ofício de encaminhamento para a realização da avaliação pré-admissional na Junta Médica Oficial do Estado da Bahia. O candidato que não atender à presente convocação na forma e no prazo determinados, seja qualquer o motivo alegado, perderá o direito à nomeação.

Estudantes estaduais de Pé de Serra aliam festejo junino ao empoderamento feminino no município

O Colégio Estadual Pedro Falconeri Rios, no município de Pé de Serra, está realizando o projeto “O Pedro, no São João, saúda as nordestinas que ousaram SerTão”, por meio da qual as festividades juninas acontecem, com o objetivo de questionar e ressignificar a figura feminina no período. O projeto também contempla a história de mulheres do município e as ações de empoderamento feminino. A ação, realizada com 650 estudantes da unidade, foi debatida e discutida através de plataformas virtuais, e por meio de equipes, que abordaram o tema a partir de vídeos, fotos, textos e paródias.

A estudante Ângela Maria Rios Soares, 14 anos, realizou com a equipe uma paródia de uma música de Luiz Gonzaga, intitulada ‘Mulher de Hoje’, e disse que a ideia foi colocar a nova letra para fazer uma reflexão sobre costumes já segmentados em momentos típicos, como o tradicional casamento caipira. “Trouxemos a figura feminina para o centro.  Reformulamos a letra da música e gravamos um vídeo cantando. Além disso, produzimos um casamento caipira diferente e apresentamos um webinário, debatendo sobre as frases e comportamento machistas, presentes no nosso cotidiano”.

Para Adna dos Santos Silva, 22 anos, como aluna e mulher nordestina, o projeto trouxe emoções e aprendizados. “Realizei  as atividades com mais três colegas. Apresentamos um vídeo contando a história de uma mulher muito forte que fez um lindo relato capaz de  motivar e encorajar muitas pessoas. Eu me emocionei a cada  apresentação dos trabalhos das outras turmas e na produção e apresentação do meu grupo. Tivemos o prazer de falar e mostrar a força, beleza,  garra, coragem e dedicação que representam as mulheres nordestinas”.

De acordo com a gestora da unidade de ensino, Sandra Maria Santos, o projeto propõe o protagonismo dos alunos na construção, reflexão e desconstrução de preconceitos. “O projeto é uma reflexão sobre a figura feminina, especificamente a mulher nordestina, mostrando seu cotidiano, vivências e conquistas. Queremos  promover em nossa comunidade escolar a  desconstrução das representações estereotipadas, a  partir  das  práticas de  mulheres que subvertem essas imagens”.

Para a moradora do município, Anita Garibalde Ramos Carneiro, o projeto teve um impacto positivo na comunidade local. “Foi excelente a iniciativa. O projeto evidenciou mulheres de outrora e de agora que ousaram, dizendo à sociedade que mulher pode ser o que quiser e em qualquer lugar. Amei conhecer e ver tantas histórias na palma da mão e saber que qualquer pessoa do mundo pode também ter acesso a tantas histórias de superação”.