Muitas Aprendizagens pelo Território da Bacia do Jacuípe

dacilda (8)Os três dias da Jornada Pedagógica 2018 foram marcados pelo entusiasmo e reafirmação do compromisso de gestores e professores na defesa da garantia do direito de aprendizagem dos estudantes.

nuclear (11)Com o tema “Aprendizagens e Territórios: Novos Rumos para a Educação do Século XXI”, as discussões centram-se na ideia do pertencimento e da Educação Contextualizada, como elementos agregadores de uma Educação de qualidade, significativa e engajada.

Houve ampla participação de pais, estudantes, servidores e pessoas da comunidade, além do acompanhamento do NTE 15, nas pessoas da Profª Nívea Araujo, do Prof. Adílio Soares e de Cláudia Oliveira, e de Magali Ferreira, técnica da SUPED/SEC.

virgilio (8)Para a professora Florisvalda Rios, Diretora do CE Virgílio Francisco Pereira de Nova Fátima, “foram 3 dias de trabalhos produtivos  e a certeza  de que nesse ano letivo que se inicia estaremos juntos com o nosso território buscando ampliar a aprendizagem dos nossos educandos”. Pensamento compartilhado pela professora Zildene Dias, vice-diretora do CE Normal de Pintadas, que acredita que “todas as Unidades se propuseram a fazer o melhor e com a Jornada estamos muito mais fortalecidos para o recomeço do ano letivo”.

Essa edição da Jornada Pedagógica permitiu um maior alinhamento do trabalho pedagógico, com maior espaço dentro da programação geral para o planejamento e as trocas de experiências entre os docentes.

Confira mais fotos aqui.

Começa nesta segunda-feira (5) a Jornada Pedagógica nas escolas da rede estadual

jornadaCard

 Começa nesta segunda-feira (5/2) a Jornada Pedagógica nas escolas da rede estadual, que tem o objetivo de reunir gestores e professores, em cada unidade, para articular o planejamento para o ano letivo 2018 que tem início no dia 19 de fevereiro.

 Para a abertura, o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, acompanha as atividades, a partir das 8h, no Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) em Saúde Anísio Teixeira, no bairro de Caixa D´Água. A Jornada Pedagógica nesta unidade também contará com a participação do estudante Livio Pereira, que passou em primeiro lugar no curso de Direito da Universidade Federal Bahia (UFBA).

 Com o tema “Aprendizagens e Territórios: Novos Rumos para a Educação do Século XXI”, a Jornada Pedagógica 2018 acontece de 5 a 7 de fevereiro, das 8h30 às 22h, em todas as escolas da rede estadual. De forma inovadora, desde 2017 a Secretaria da Educação realiza a iniciativa em duas etapas, uma no início e a outra no meio do ano letivo.

Jornada Pedagógica no Col. Est. Gastão Guimarães - Foto Marçal Dutra (4) Abertura da Jornada Pedagógica com o secretário Walter Pinheiro
Quando: Segunda-feira (5/2)
Onde: CEEP em Saúde Anísio Teixeira – Ladeira do Paiva, Caixa D´Água

Horário: 8h

NTE 15 realiza Pré-Jornada em três polos da Bacia do Jacuípe

JP 2018 (16)Nos dias 26, 29 e 30 de janeiro, o NTE 15 realizou nos municípios de Ipirá, Riachão do Jacuípe e Capim Grosso, respectivamente, reuniões de alinhamento sobre a Jornada Pedagógica 2018, com a participação de diretores, vice-diretores, coordenadores pedagógicos e professores.

Com o tema “Aprendizagens e Territórios: Novos Rumos para a Educação do Século XXI”, a Jornada tem como objetivo geral Promover a organização da prática educativa, no âmbito da unidade escolar, por meio de momentos de reflexão e discussão sobre os eixos estruturantes da SEC para o biênio 2017-2018 (Melhoria da Aprendizagem, Ambientes Contextualizados no Século XXI e Educação Contextualizada no Território e sua Economia), como norteadores do planejamento do ano letivo de 2018.

Para a Professora Luciana Marques, vice-diretora do Colégio Estadual Monsenhor Alcides Cardoso, de Ipirá, “a pré-jornada é um momento importante para que as Unidades Escolares já possam visualizar o que vai ser realizado durante a Jornada Pedagógica, partilhar as experiências exitosas e ter um norte para o trabalho em todo o ano letivo, com foco na melhoria da aprendizagem dos alunos”. Entendimento compartilhado pela Professora Liana Macedo, Diretora do Colégio Estadual Maria Evangelina Lima Santos, de Ipirá. Para ela, “a efetividade das ações educativas, a partir das definições do Projeto Político Pedagógico são instrumentos para garantir a melhoria da qualidade do processo ensino-aprendizagem”.

A Diretora do Colégio Estadual de Baixa Grande, Professora Jucileide Alves, entende que “a reunião sobre a Jornada Pedagógica contribui para a reflexão, a partilha das inquietudes e anseios e a renovação das esperanças para iniciar o ano letivo de 2018″. Em sua visão, o tema a ser abordado “fortalece o sentimento de pertencimento dos estudantes, contribuindo para uma escola mais viva e atraente”.

JP 2018 (57)A Professora Edney Cana Brasil, vice-diretora do Colégio Estadual Osvaldo Cruz, de Riachão do Jacuípe, considera que a Pré-Jornada “foi um momento ímpar, pois além de ampliar a compreensão e o conhecimento acerca do território, permitiu a troca de experiências entre os presentes”. É também o que pensa Aldimira Oliveira, coordenadora pedagógica do Colégio Estadual Maria Dagmar Miranda, que destacou “a leveza na condução dos trabalhos, com sugestões pertinentes às particularidades de cada Unidade Escolar”, como ponto positivo da reunião.

Vice-Diretora do Colégio Estadual Abelardo Moreira, de Mairi, a Professora Silvana participou da última reunião dessa ação, no município de Capim Grosso.  Para ela, “os encaminhamentos sobre a jornada pedagógica realizados pela equipe do NTE 15 proporcionaram aos gestores presentes reflexão e esclarecimentos a respeito dos propósitos da SEC para o  ano letivo de 2018. Dentre os pontos discutidos na pauta, destacou-se a importância da Jornada Pedagógica para pensar e projetar a escola que queremos junto com a comunidade escolar. Neste sentido, o Professor Adílio, Coordenador da CODEB, esclareceu a intencionalidade do tema da jornada pedagógica de 2018, convocando as escolas a se voltarem para a valorização do território em que vivem, demonstrando a necessidade do envolvimento de todos no fortalecimento da construção de ações coletivas”.

A Jornada Pedagógica da Rede Estadual de Educação acontecerá nos próximos dias 05, 06 e 07 de fevereiro. Toda a comunidade escolar está convidada a participar.

JP 2018 (102)

Polo 1: Ipirá, Baixa Grande, Pintadas, Serra Preta.

Polo 2: Riachão do Jacuípe, Pé de Serra, Capela do Alto Alegre, Nova Fátima.

Polo 3: Capim Grosso, São José do Jacuípe, Gavião, Mairi, Várzea da Roça, Várzea do Poço, Quixabeira.

JP 2018 (31) JP 2018 (32) JP 2018 (34) JP 2018 (35) JP 2018 (36) JP 2018 (37) JP 2018 (38) JP 2018 (40) JP 2018 (43) JP 2018 (51) JP 2018 (53) JP 2018 (55) JP 2018 (57) JP 2018 (62) JP 2018 (63) JP 2018 (64) JP 2018 (67) JP 2018 (71) JP 2018 (74) JP 2018 (75) JP 2018 (76) JP 2018 (78) JP 2018 (79) JP 2018 (80)

JP 2018 (1) JP 2018 (3) JP 2018 (5) JP 2018 (6) JP 2018 (7) JP 2018 (12) JP 2018 (14) JP 2018 (16) JP 2018 (17) JP 2018 (21) JP 2018 (23) JP 2018 (29)

 

JP 2018 (81) JP 2018 (82) JP 2018 (83) JP 2018 (85) JP 2018 (86) JP 2018 (87) JP 2018 (88) JP 2018 (89) JP 2018 (90) JP 2018 (91) JP 2018 (92) JP 2018 (93) JP 2018 (96) JP 2018 (98) JP 2018 (100) JP 2018 (102) JP 2018 (105) JP 2018 (108) JP 2018 (110) JP 2018 (111) JP 2018 (123) JP 2018 (129) JP 2018 (130) JP 2018 (131) JP 2018 (133)

Abertas inscrições para mais de 19.800 vagas da Educação Profissional subsequente ao Ensino Médio

26993391_645439108913264_8204405372099029293_n
Estão abertas a partir desta quarta-feira (24) as inscrições para o sorteio eletrônico de 19.817 vagas, para 57 cursos técnicos de nível médio, da Educação Profissional e Tecnológica no Ano Letivo de 2018, na forma de articulação Subsequente ao Ensino Médio (PROSUB). Conforme portaria divulgada no Diário Oficial do Estado, a oferta abrange 121 municípios de todos os 27 Territórios de Identidade da Bahia.

 

>> Faça sua inscrição aqui

 

>> Baixe aqui a Portaria

 

>> Veja aqui os cursos ofertados nos municípios da Bacia do Jacuípe:

NTE 15_anexo-iii-prosub-2018

 

“Para as novas vagas, os cursos, que tinham duração de dois anos e um ano e meio tiveram uma redução para um ano e meio e um ano, respectivamente. A ideia é que os estudantes tenham um curso otimizado e focado na área que escolherem atuar, com acesso mais ágil ao mundo do trabalho. Estão sendo ofertadas mais de 112 mil vagas da Educação Profissional e Tecnológica no ano letivo de 2018, em diversas modalidades, inclusive com a redução de tempo de quatro para três anos da modalidade Ensino Médio Integrado com a Educação Profissional (EPI), contemplando 142 municípios, sendo que em 40 cidades a oferta será realizada pela primeira vez neste ano letivo”, destacou o secretário da Educação, Walter Pinheiro. Os cursos com duração de um ano são do eixo tecnológico de Produção e Design.

 

As inscrições para o sorteio eletrônico serão realizadas até 31 de janeiro, no Portal da Educação. Poderá participar o estudante que tenha concluído o ensino médio e suas modalidades, de forma gratuita, seja em estabelecimentos de ensino da Rede Pública de Educação (no âmbito federal, estadual, municipal), tenha comprovadamente, cursado o Ensino Médio em instituição filantrópica ou em instituição privada na condição de bolsista integral.

 

O Sorteio Eletrônico será realizado no dia 02 de fevereiro, às 15h, no Auditório da Secretaria da Educação, situada na 5ª Avenida, nº 550, Centro Administrativo da Bahia, município de Salvador, com a participação de representantes do Ministério Público, Tribunal de Contas, Auditoria Geral do Estado, Conselho Estadual de Educação, candidatos, pais, professores e comunidade local.

 

As vagas disponibilizadas serão distribuídas de forma igualitária para as duas opções de acesso. Sendo assim, 50% das vagas serão sorteadas para os estudantes que optarem por utilizar a nota do último Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). E 50 % das vagas serão sorteadas para os candidatos que se inscreveram para concorrer ao sorteio eletrônico aleatório.

Governador anuncia mais de 19 mil vagas para cursos da Educação Profissional e Tecnológica

Centro de  Educação Profissional  Territorial de Itapetinga (50)

Durante edição do programa Papo Correria nesta terça-feira (23), o governador Rui Costa anunciou que serão abertas nesta quarta (24) as inscrições para o sorteio eletrônico de 19.373 vagas, para 57 cursos técnicos de nível médio, da Educação Profissional e Tecnológica. Ofertadas na forma de articulação Subsequente ao Ensino Médio (PROSUB), os cursos tiveram uma redução na duração dos cursos de 1 ano e meio para 1 ano e vão abranger 121 municípios de todos os 27 Territórios de Identidade da Bahia.

“Em um ano, aumentamos de 80 mil para 120 mil o número de vagas na educação profissionalizante. Nossa meta agora é ampliar a educação integral para que os alunos possam, em um turno, aprender disciplinas como matemática, português e química, e no outro turno participar de atividades de esportes, artes e ter uma formação profissionalizante. Com essa formação, eles já podem sair do ensino médio preparados para enfrentar o mercado de trabalho”, comentou Rui.

As inscrições para o sorteio eletrônico serão realizadas até 31 de janeiro, no Portal da Educação no endereço www.educacao.ba.gov.br. Só poderá participar o estudante que tenha concluído o ensino médio e suas modalidades, de forma gratuita, seja em estabelecimentos de ensino da Rede Pública de Educação (no âmbito federal, estadual, municipal), tenha comprovadamente, cursado o Ensino Médio em instituição filantrópica ou em instituição privada na condição de bolsista integral.

O Sorteio Eletrônico será realizado no dia 02 de fevereiro, às 15h, no Auditório da Secretaria da Educação, situada na 5ª Avenida, nº 550, Centro Administrativo da Bahia, município de Salvador, com a participação de representantes do Ministério Público, Tribunal de Contas, Auditoria Geral do Estado, Conselho Estadual de Educação, candidatos, pais, professores e comunidade local.

As vagas disponibilizadas serão distribuídas de forma igualitária para as duas opções de acesso. Sendo assim, 50% das vagas serão sorteadas para estudantes concluintes do ensino médio e suas modalidades, declarantes do aproveitamento escolar das médias finais obtidas nas disciplinas Língua Portuguesa e Matemática no último ano/módulo de estudo no Ensino Médio ou equivalente. E 50 % das vagas serão sorteadas para os candidatos que se inscreveram para concorrer ao sorteio eletrônico aleatório.

Começa a matrícula de estudantes do Ensino Médio que desejam ingressar na rede estadual

24862104_1987708514839439_5705815018167846311_n

Estudantes do Ensino Médio que desejam ingressar na rede estadual de ensino tem hoje e amanhã (22 e 23/12) para realizar a matrícula nas unidades escolares. O atendimento aos pais e/ou responsáveis ocorre até às 20h, não sendo necessariamente a escola onde o estudante pretende estudar. Além da oferta regular, podem realizar a matrícula estudantes para a Educação Profissional e Tecnológica, de Jovens e Adultos (EJA), Inclusiva e Indígena.

O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, fala sobre essa etapa do processo de matrícula. “Para essa oferta estamos introduzindo novidades e reformulações para melhorar a qualidade no ensino. Estamos promovendo uma nova matriz curricular para 45 cursos da modalidade Ensino Médio Integrado com a Educação Profissional (EPI), com redução de quatro para três anos de duração, para que os estudantes possam ter acesso mais ágil ao mundo do trabalho. Além de implantarmos cursos técnicos de nível médio nas escolas de ensino regular. Também ofertaremos cursos de curta duração e de duração plena, tudo isso com o objetivo de chegarmos até dezembro de 2018 em todas as escolas de Ensino Médio da Bahia com, pelo menos, um curso profissionalizante”, acrescenta Pinheiro.

Para a matrícula, os pais ou responsáveis devem apresentar os seguintes documentos: Original do Histórico Escolar ou Atestado de Escolaridade, firmado pela direção da unidade escolar (deve ser substituído pelo Histórico Escolar em até 30 dias); original e cópia da Carteira de Identidade (RG) ou Certidão de Registro Civil; original e cópia do CPF; original e cópia legível com data recente do comprovante de residência (água, luz, telefone fixo ou móvel, gás encanado, Internet, contrato de aluguel, IPTU, dentre outros); e o código do SETPS (que consta no Salvador Card) para as escolas do município de Salvador.

Matrícula - Na primeira semana foram registrados a matrícula de mais de 146.890 alunos na rede estadual. Somado ao número de renovações, realizadas no mês de novembro, a rede estadual de ensino possui, até o momento, mais de 729.000 estudantes matriculados para o ano letivo de 2018.

- Cronograma da Matrícula 2018:

. 22 e 23/1 – Matrícula dos estudantes do Ensino Médio e suas modalidades (Profissional e Tecnológica; Jovens e Adultos – EJA; Inclusiva e Indígena);

. 25, 26 e 29/1 – Confirmação de matrícula do público alvo da Educação Inclusiva que realizou a pré-matrícula em novembro de 2017.

Secretaria da Educação abre na segunda-feira processo de transferência de professores e coordenadores pedagógicos

Volta as Aulas 2015 - Col. Mestre Paulo dos Anjos (47)

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia publicou, nesta sexta-feira (5), no Diário Oficial (DO), a portaria n° 241/2017 que abre o processo seletivo para a remoção de professores e coordenadores pedagógicos dos Ensinos Fundamental e Médio que desejam transferência de escola. Os interessados devem participar da seleção, cujas inscrições serão realizadas de 8 a 12 de janeiro, conforme edital nº 01/2018. O objetivo da ação é normatizar o sistema de remoções e reajustar o quadro do magistério da rede estadual de ensino, respeitando os direitos dos professores e sem comprometer a continuidade do serviço.

Para a inscrição, os educadores devem preencher o formulário de requerimento de remoção, contidos no edital, protocolando-o nos SAC Educação de Salvador ou de Feira de Santana, bem como nas sedes dos 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE), justificando a necessidade para a mudança de unidade. O processo de remoção independe de autorização ou ciência do superior hierárquico da unidade.

Será habilitado o servidor que cumprir integralmente os requisitos estabelecidos no edital, a exemplo de ter regime de trabalho e habilitação compatíveis com a vaga pretendida; não ter sido removido nos últimos dois anos; não estar de licença por motivo particular; e não estar cedido para outros órgãos administrativos do Estado. Para efeito de pontuação e consequente classificação serão considerados os critérios estabelecidos: maior tempo de efetivo exercício no magistério estadual na localidade onde requer a remoção; doutorado, mestrado ou especialização na área de atuação ou em Educação; mais antigo no magistério público; e de idade maior. O processo está sob a coordenação da Superintendência de Recursos Humanos da Secretaria da Educação do Estado.

Caso a remoção pretendida seja entre unidades do mesmo município, o professor deverá indicar três escolas em ordem decrescente de prioridade. Já para transferência entre municípios, o educador deverá indicar três localidades também em ordem decrescente de prioridade. A divulgação da classificação será realizada no dia 19/1 e o resultado final, no dia 26 de janeiro.

 Leia aqui a íntegra da portaria e do edital

 Cronograma do processo seletivo:

5/1 – Publicação do edital

8/1 a 12/1 – Período de inscrição

19/1 – Publicação da classificação inicial

22/1 e 23/1 – Interposição de recursos

28/1 – Homologação do resultado final

Secretaria da Educação do Estado reabre inscrições do curso de aperfeiçoamento para professores e coordenadores pedagógicos

24862104_1987708514839439_5705815018167846311_n

A Secretaria da Educação do Estado reabre, nesta sexta-feira (5/1), às 10h, as inscrições online para o curso “Uso Pedagógico de Tecnologias Educacionais”, destinado a professores e coordenadores pedagógicos dos Ensino Fundamental e Médio da rede estadual de ensino. Desenvolvido na modalidade de Educação à Distância (EAD), os educadores têm até 15 de janeiro, às 23h59, exclusivamente no endereço www.sec.ba.gov.br/inscricaoeventos/app/eventoInternet.asp, para efetuar a inscrição e garantir a vaga. O curso será iniciado no dia 1° de fevereiro de 2018.

 O curso é mais uma ação estratégica do Estado para fortalecer o eixo pedagógico das escolas, valorizando a carreira dos educadores, pois os participantes concluintes do curso terão um ganho médio de 14% em seus vencimentos até maio de 2019. Quem se inscreveu na primeira etapa já recebeu o pagamento de 6% sobre o vencimento básico dos educadores em dezembro de 2017, referente à primeira promoção. Quem se inscrever nesta nova etapa deverá receber estes 6% em janeiro. O valor da segunda promoção será antecipado em setembro de 2018. As promoções estão condicionadas à inscrição e à frequência dos professores e coordenadores na capacitação, dividido em dois módulos.

 Sobre o curso - O curso tem como objetivo tornar evidente na prática pedagógica da rede pública estadual de ensino a natureza transformadora das tecnologias educacionais, seja na vertente operacional ou na humanizadora, no processo de ensino e aprendizagem nas diversas áreas do conhecimento. As aulas serão realizadas fazendo uso de uma estrutura tecnológica e metodológica que possibilitará aos professores e coordenadores pedagógicos acessá-lo por meio de ambiente virtual de aprendizagem, através do site www.sec.ufba.br. Para o acesso, o educador deverá fazer uso do nome de usuário e senha, fornecidos através do e-mail informado no ato da inscrição.

 O curso terá a carga horária integral de 120 h e será constituído de dois módulos de 60h cada. O primeiro terá três etapas divididas em: Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação (TDIC) para a comunicação e coleta de dados (25 h); TDIC para Comunicação, Produção e Colaboração (25 h); e Avaliação do Módulo (10 h). O segundo módulo também terá três etapas divididos em: TDIC para Organização e Criação (25 h); Ambientes Virtuais de Aprendizagem (25 h); e Avaliação do Módulo (10 h). Para a conclusão do curso “Uso Pedagógico de Tecnologias Educacionais” serão exigidos o aproveitamento com média 6,0 e a frequência mínima de 75% da carga horária total do curso.

Secretaria da Educação do Estado orienta sobre devolução e descarte de livros didáticos

Inauguração da Biblioteca do Colegio Romulo Almeida 038

A Secretaria da Educação do Estado está orientando os gestores das escolas da rede estadual sobre o descarte e devolução de livros didáticos. Para 2018, os estudantes e professores dos anos iniciais e finais do Ensino Fundamental devem entregar os materiais para reutilização e cada escola precisa adotar medidas para estimular as devoluções, bem como registrar a quantidade de livros devolvidos.

Já os livros do Ensino Médio, que encerram o ciclo trienal de atendimento, seguindo o Programa Nacional do Livro Didático, serão descartados, podendo ser entregues aos próprios alunos ou distribuídos para cooperativas de reciclagem credenciadas pelo Governo do Estado, de acordo com a Portaria nº 359 de 20 de janeiro de 2011, da Secretaria da Educação do Estado.

“Com a devolução dos livros, a escola pode avaliar as reais necessidades de novos livros, realizar remanejamento e solicitar livros da reserva técnica ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), promovendo o uso adequado dos recursos públicos”, destacou a coordenadora de Monitoramento do Livro Didático e Biblioteca da Secretaria da Educação do Estado, Alessandra Santana.

Já em relação ao descarte, Alessandra ressalta que “caso os estudantes não queiram ficar com os livros, o gestor escolar deve seguir os procedimentos da Portaria nº 359, preenchendo todos os formulários que estão disponíveis no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br)”. A solicitação, completa, deve ser publicada no Diário Oficial pela Secretaria da Educação.

Recebimento – Além da devolução e descarte dos livros, os diretores devem ter atenção sobre o recebimento dos livros didáticos durante o mês de janeiro de 2018, mantendo uma pessoa responsável pelo procedimento nas escolas. Para garantir que os livros escolhidos pelos professores para o uso no ano letivo de 2018 foram entregues corretamente pelos Correios, é fundamental que sejam conferidos os pacotes que são acompanhados com o nome e endereço da escola, além de rótulo com especificações do conteúdo. Em caso de discordância, o gestor deverá entrar em contato com o FNDE pelo e-mail livrodidatico@fnde.gov.br.

SEMINÁRIO FINAL DO PACTO PELA EDUCAÇÃO: CONSTRUINDO UMA REDE DE EXPERIÊNCIAS EM DEFESA DA ALFABETIZAÇÃO.

IMG-20171122-WA0068

 

A coordenação de Projetos Especiais da Secretaria da Educação do Estado da Bahia – COPE, com o objetivo de avaliar as ações do Programa Pacto pela Educação de 2017, está realizando em todos os 27 Territórios de Identidade do Estado da Bahia, uma série de Encontros com Secretários municipais de Educação, coordenadores locais e coordenadores pedagógicos – Seminários: “Redes de Experiências”.

 Em Ipirá, o Seminário Regional Final Pacto Estadual 2017 aconteceu no dia 21 de novembro de 2017,  no Auditório da Coordenadoria Municipal de Educação de Ipirá, das 8h às 17h, com a presença dos atores envolvidos no programa nos 15 municípios circunscritos ao NTE 15.

IMG-20171122-WA0072

O evento contou com a apresentação das atividades desenvolvidas em cada município, divididas por mesas temáticas:

Mesa 1: A leitura deleite e a contação de história: o tempo para gostar de ler.

  1. Baixa Grande –Contação de História.
  2. Várzea do Poço – Registro em Vídeo – Momento deleite.
  3. Nova Fátima –Registro Fotográfico – Formação de Professores: Estratégias para o “Tempo pra Gostar de Ler”.

 Mesa 2: A roda de leitura e oralidade numa perspectiva interdisciplinar

  1. Serra Preta – Registro em Vídeo – Roda de leitura
  2. Quixabeira- Atividade de leitura.

 Mesa 3 : Da aquisição da escrita à produção de texto: Escrevendo do seu jeito.

  1. Capela do Alto Alegre –Estratégias para o ensino da escrita.
  2. Pintadas – Proposta de intervenção para a aquisição da escrita.
  3. Várzea da Roça – Registro em Vídeo: Estratégias de produção textual nas turmas do 3º ano

 Mesa 4: Matematizar com jogos: Conversando e registrando – uma brincadeira que deu certo.

  1. Ipirá- Vivência: atividades da Pdam do 1º ano, reforçando a importância do planejamento e a relação com o quadro didático.
  2. Pé de Serra –Exposição de estratégias de mediação feita pela equipe do Pacto durante as formações de matemática junto aos professores.

 Mesa 5: A gestão do NALFA e as dimensões estratégicas

  1. Mairi – Formação continuada: Experiência na organização dos círculos formativo, mobilização para envolvimento dos professores no Pacto.
  2. Capim Grosso –Experiência na realização do diagnóstico e suas consequências para as ações de 2017 e ações de acompanhamento.
  3. Riachão do Jacuípe – Experiência no processo de construção da diretriz Avaliação no Ciclo de Alfabetização, dando ênfase às etapas, entraves e desafios.
  4. São José do Jacuípe – Experiência no processo de mobilização para efetivação das ações do Pacto no município; exposição de depoimentos de professores sobre a compreensão do programa.

 Visando repactuar com as Secretarias Municipais de Educação o compromisso com a política de garantia do direito à alfabetização até aos oito anos de idade e orientar para a organização de processos de mobilização social em torno da garantia desse direito, o Pacto pela Educação promove a formação continuada de profissionais, garante o apoio pedagógico ao trabalho docente para o fortalecimento do processo de formação e realiza o acompanhamento no âmbito do ciclo inicial de alfabetização (1º a 3º ano) e ciclo complementar (4º e 5º anos).

 Para as coordenadoras do Programa no Território da Bacia do Jacuípe, Profª Débora Carvalho e Profª Lorena Benevides, o Seminário foi uma oportunidade de avaliação das ações desenvolvidas ao longo deste ano, de partilha das experiências exitosas, fortalecendo o trabalho de formação de professores alfabetizadores nos 15 municípios.

IMG-20171122-WA0071

IMG-20171122-WA0073

IMG-20171122-WA0079

IMG-20171122-WA0069

IMG-20171122-WA0081

IMG-20171122-WA0077

IMG-20171122-WA0082

IMG-20171122-WA0075