CLASSIFICADOS DOS PROJETOS ARTÍSTICOS E CULTURAIS 2019

RESULTADOS DAS PRODUÇÕES DOS PROJETOS ARTÍSTICOS E CULTURAIS 2019 CLASSIFICADOS PARA O V ENCONTRO TERRITORIAL DE ARTE E CULTURA ESTUDANTIL DA BACIA DO JACUÍPE

PROJETOS ARTÍSTICOS E CULTURAIS 2019

CLASSIFICADOS PARA O V ENCONTRO TERRITORIAL DE ARTE E CULTURA ESTUDANTIL

AVE

COLÉGIO OBRA
Colégio Estadual de Baixa Grande Negra Empoderada
Colégio Est. Professora Zenilda F. dos S. Farias “Desumanidade”
Colégio Est. Maria Evangelina Lima Santos Gota de Esperança
Colégio Est. Professora Maria Bastos Melo Bic Drawimg
Colégio Estadual Abelardo Moreira Miscigenação
Colégio Estadual Normal de Pintadas Família Palmares
Colégio Estadual Pedro Falconeri Rios Solidão
CETEP Bacia do Jacuípe II João Campos Twiliht of Dreams

DANCE

COLÉGIO OBRA
Colégio Est. Maria Evangelina Lima Santos Rei Leão
Colégio Est. Professora Maria Bastos Melo Yoyo
Colégio Estadual Abelardo Moreira Diversidade, aproximando os diferentes
CETEP Bacia do Jacuípe II João Campos Ikini Si Awon Orisa
Colégio Est. Maria Dagmar Miranda Os dois lados da vida
Colégio Est. Renato Medeiros Neto Baião made in sertão

ENCANTE

COLÉGIO OBRA
Colégio Est. Maria Dagmar Miranda Som-avisando

EPA

COLÉGIO OBRA
Colégio Estadual de Baixa Grande Estudo das plantas
Colégio Est. Professora Maria Bastos Melo Patrimônio Artístico: Moreu Artísta Plástico
Colégio Estadual Abelardo Moreira Festa da Padroeira Nossa Senhora das Dores
Colégio Est. Dacilda Rios de Oliveira Sertão
Colégio Est. Maria Dagmar Miranda Esporte Clube Jacuipense
Colégio Est. Renato Medeiros Neto Trabalhadores rurais do Município de Serra Preta
Colégio Est. Gov. Antônio C. Magalhães Festa dos Trabalhadores Rurais

FACE

COLÉGIO OBRA
Colégio Estadual de Baixa Grande Divagações
Colégio Estadual Pedro Falconeri Rios Numa Ciranda
CETEP Bacia do Jacuípe II João Campos Presente de Deus
Colégio Est. Maria Dagmar Miranda Mulher
Colégio Est. Gov. Antônio C. Magalhães O amor não tem cor

FESTE

COLÉGIO OBRA
Colégio Est. Maria Dagmar Miranda Onde está escrito?

PROVE

COLÉGIO OBRA
Colégio Estadual de Baixa Grande Uma prova de superação
Colégio Est. Professora Zenilda F. dos S. Farias A voz do silêncio
Colégio Est. Maria Evangelina Lima Santos O cristal da Caboronga
CETEP Bacia do Jacuípe II João Campos Mulher na sociedade
Colégio Est. Maria Dagmar Miranda Feminicídio: basta!
Colégio Est. Profa. Maria José de L. Silveira Redes sociais
Colégio Est. Gov. Antônio C. Magalhães Licuri: riqueza do semiárido

TAL

COLÉGIO OBRA
Colégio Est. José Ribeiro Pamponet Tolerar
Colégio Estadual de Baixa Grande A decisão
Colégio Est. Professora Zenilda F. dos S. Farias “Profundo calabouço”
CETEP Bacia do Jacuípe Intolerância, não
Colégio Est. Maria Evangelina Lima Santos Depressão
Colégio Est. Professora Maria Bastos Melo Problemáticas da nossa geração
Colégio Estadual Abelardo Moreira O Nordeste unificado
Colégio Estadual Normal de Pintadas “Minúcias” da história
Colégio Est. Dacilda Rios de Oliveira Uma crônica metafísica
Colégio Est. Profa. Maria José de L. Silveira Vida de adolescente
Colégio Est. Renato Medeiros Neto Depressão não é frescura
Colégio Est. Gov. Antônio C. Magalhães Sal da pele

Resultado da Etapa Territorial do Concurso de Vídeos Saúde na Escola 2019

RESULTADOS DO CONCURSO DE VÍDEO SAÚDE NA ESCOLA 2019

N° DE VÍDEOS POR SUBTEMA ENVIADOS DO NTE PARA A SEC: 05
SUBTEMAS UNIDADE ESCOLAR
1 – PREVENÇÃO AS IST’s               Colégio Estadual Normal de Pintadas
2 – PROMOÇÃO A ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL                Não houve produção
3 – CONTROLE DO Aedes aegypti E PREVENÇÃO DAS ARBOVIROSES              CETEP II João Campos
4 – PROMOÇÃO A CULTURA DE PAZ:/ RESPEITO À VIDA            CETEP II João Campos
5 – PREVENÇÃO AO USO DE ÁLCOOL, TABACO E OUTRAS DROGAS        CETEP II João Campos
6 – PROMOÇÃO A SAÚDE AMBIENTAL E O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL SOCIOAMBIENTAL Colégio Estadual Normal de Pintadas

Colégio Estadual de Capim Grosso realiza Feira de Iniciação Científica

Aconteceu no dia 21 de agosto de 2019 a Feira de Iniciação Científica do Colégio Estadual Edna Moreira Pinto Daltro, uma das ações previstas no Projeto Político Pedagógico da escola, com o objetivo de construir competências necessárias ao estudante do Ensino Médio, promover o pensamento crítico bem como auxiliar na formação integral dos mesmos. Essa ação já se encontra alinhada à proposta do Novo Ensino Médio, que tem a Investigação Científica como um dos Eixos de Aprofundamento de Estudos nas Unidades Escolares, visando a ampliação do conhecimento sobre ciências para a interpretação de ideias, fenômenos e processos para serem utilizados em procedimentos de investigação voltados ao enfrentamento de situações cotidianas e demandas locais e coletivas.

Aproximadamente 70 estudantes, dos 3 turnos de funcionamento da escola, incluindo alunos da EJA e do anexo de Pedras Altas, apresentaram 20 projetos de Iniciação Científica dos temas mais diversos que revelaram o interesse e as inquietações da juventude, em relação à escola, à comunidade e ao seu cotidiano de forma geral. Os projetos passaram por um processo de avaliação e os que mais se adequaram aos critérios pré-estabelecidos serão submetidos à FECIBA (Feira de Ciências da Bahia) para mais uma vez tentarmos representar nosso município e o NTE 15 – Ipirá, em tão importante evento de incentivo à ciência.

Confira a relação dos Projetos apresentados:

  • BOLINHAS COLORIDAS: uma proposta para o ensino e aprendizagem de balanceamento químico
  • TEM QUÍMICA AQUI: investigando a relação dos feirantes de Capim Grosso com a química no dia a dia
  • QUEM CHEGAR PRIMEIRO APAGA A LUZ: o que pensam os alunos do Colégio Edna Daltro sobre as possibilidades de iluminação de suas salas de aula
  • EDUCAÇÃO PARA UM CONSUMO SAUDÁVEL:  o olhar dos consumidores sobre os rótulos dos alimentos
  • A PRANCHA NO CABELO QUEIMAVA MINHAS RAÍZES
  • AINDA SOMOS POUCAS, PORÉM NÃO INEXISTENTES
  • NÓS POR NÓS: empatia e companheirismo entre mulheres
  • UTILIZAÇÃO DO LÚDICO COMO ESTRATÉGIA PARA TRABALHAR DOENÇAS CAUSADAS POR MICRORGANISMOS
  • EFEITO DE EXTRATOS DE PLANTAS TÓXICAS SOBRE LARVAS AEDES EGYPT
  • FONTES DE ENERGIA
  • SISTEMA ABO: qual seu tipo sanguíneo? 
  • QUEBRANDO O TABU:  a escola vista como um ambiente de discussão e reflexão sobre educação sexual
  • USO DA CALCULADORA EM SALA DE AULA
  • ANSIEDADE E DEPRESSÃO: estamos aqui para tentar te ajudar!
  • DOG AQUECIDO
  • O INVISÍVEL MUNDO DOS SONS (De onde vem o som?)
  • UMA PROPOSTA INTERDISCIPLINAR PARA O ENSINO DE ECOSSISTEMAS LÊNTICOS: utilizando a óptica
  • A MOTIVAÇÃO DOS ALUNOS DO COLÉGIO EDNA DALTRO PELA POLÍTICA BRASILEIRA
  • PARLAMENTO JOVEM COMO INSTRUMENTO DE PROMOÇÃO DO ENGAJAMENTO POLÍTICO-SOCIAL DOS ALUNOS DO COLÉGIO EDNA DALTRO
  • HISTÓRIAS DE UM CAMINHO REAL EM PEDRAS ALTAS

RESULTADO DA ETAPA TERRITORIAL DO JERP – BACIA DO JACUÍPE

JOGOS-ESTUDANTIS-DA-REDE-PUBLICA-2019-JERP-VR14 (167)

O NTE 15 divulga o resultado da Final Territorial do JERP – Bacia do Jacuípe.

Confira:

Futsal Masculino Cat. A (2002 a 2004) – Quadra Poliesportiva do Bravo

1º – Campeão:                        Colégio Estadual Pedro Falconeri

2º – Vice Campeão:                Colégio Estadual de Quixabeira

3º – Campeão Polo Ipirá:        Colégio Estadual Normal de Pintadas

4º –                                          Colégio Estadual Nossa Senhora de Lourdes

 

Baleado Misto Cat. A (2002 a 2004) – Quadra Poliesportiva do Bravo

1º – Campeão:                        Colégio Estadual Maria Dagmar

 

Handebol Masculino Cat. ESP (1999 a 2004) – Quadra Poliesportiva do Bravo

1º – Campeão:                        Colégio Estadual Maria Dagmar

2º – Vice Campeão:                CETEP III

 

Baleado Feminino Cat. ESP (1999 a 2004) – Quadra Poliesportiva do Bravo

1º – Campeão:                        CETEP II João Campos

2º – Vice Campeão:                Colégio Estadual Medeiros Neto

JOGOS-ESTUDANTIS-DA-REDE-PUBLICA-2019-JERP-VR14 (404)

Handebol Feminino Cat. ESP (1999 a 2004) – Quadra Poliesportiva do Bravo

1º – Campeão:                        Colégio Estadual Maria Dagmar

2º – Vice Campeão:                CETEP III

 

Voleibol Masculino Cat. ESP. (1999 a 2004) – Quadra Poliesportiva do Bravo

1º – Campeão:                        Colégio Estadual de Baixa Grande

2º – Vice Campeão:                CETEP III

 

Futsal Feminino Cat. ESP (1999 a 2004) – Quadra Poliesportiva do Bravo

1º – Campeão:                        Colégio Estadual Pedro Falconeri

2º – Vice Campeão Colégio:   Estadual Renato Medeiros Neto

 

Futsal Masculino Cat. C (1996 a 2001) – Quadra Poliesportiva do Bravo

1º – Campeão:                        CETEP III

2º – Vice Campeão:                Colégio Estadual Nossa Senhora de Lourdes

 

Futebol Masculino Cat. A (2002 a 2004) – Estádio Municipal José O. Leite

1º – Campeão:                        Colégio Estadual Renato Medeiros Neto

2º – Vice Campeão:                Colégio Estadual Zenilda Farias

 

Dominó Masculino Cat. Livre

1º – Campeão: Colégio Estadual Nossa Senhora de Lourdes

 

Dominó Misto Cat. Livre

1º – Campeão: Colégio Estadual Nossa Senhora de Lourdes

 

Dominó Feminino Cat. Livre

1º – Campeão: Colégio Estadual Felipe Cassiano

 

Xadrez Livre

1º – Campeão: Colégio Estadual Berilo Vilas Boas

2º – Vice-Campeão: CETEP Bacia do Jacuípe III

 

Agora, nossos campeões e campeãs participarão da Etapa Zonal, em Feira de Santana, celebrando a festa do esporte com mais 6 Territórios, nas modalidades: futsal masculino, futsal feminino, handebol masculino, handebol feminino e vôlei masculino, todos categoria A.

JOGOS-ESTUDANTIS-DA-REDE-PUBLICA-2019-JERP-VR14 (457) JOGOS-ESTUDANTIS-DA-REDE-PUBLICA-2019-JERP-VR14 (456) JOGOS-ESTUDANTIS-DA-REDE-PUBLICA-2019-JERP-VR14 (439)JOGOS-ESTUDANTIS-DA-REDE-PUBLICA-2019-JERP-VR14 (372) JOGOS-ESTUDANTIS-DA-REDE-PUBLICA-2019-JERP-VR14 (274)JOGOS-ESTUDANTIS-DA-REDE-PUBLICA-2019-JERP-VR14 (68) JOGOS-ESTUDANTIS-DA-REDE-PUBLICA-2019-JERP-VR14 (47)

Volta às aulas na Bacia do Jacuípe

IMG-20190703-WA0058

Os quase 12.500 estudantes da Rede Estadual do Território Bacia do Jacuípe retornam às aulas neste dia 03 de julho, após o recesso junino, para cumprimento do calendário letivo de 200 dias.

As 25 Unidades Escolares receberam seus alunos com muito entusiasmo e determinação para o trabalho pedagógico neste 2º semestre. Ações iniciadas no primeiro semestre letivo terão continuidade e aprofundamento, como as atividades direcionadas ao ENEM, a culminância dos projetos Artísticos e Culturais e as etapas finalísticas do JERP – Jogos Estudantis da Rede Pública (que acontecerão entre os dias 16 e 23 de julho).

IMG-20190703-WA0026

O SABE – Sistema de Avaliação Baiano de Educação – também fará parte do cotidiano das Escolas, com Atividades de Apoio ao Estudante e Avaliações Formativas, com o intuito de melhorar as aprendizagens dos estudantes e diversificar as estratégias de ensino dos professores.

A Professora Luíza Exdra, diretora do CE de Quixabeira, destaca a importância do planejamento para este recomeço: “Nós já começamos a nos reunir para colocar em prática os projetos estruturantes, além disso, estamos buscando acompanhamento pedagógico diante das necessidades apresentadas pelos alunos e docentes.”

Nesta linha, o Instituto Anísio Teixeira – IAT, retoma o processo formativo de Diretores, Coordenadores e Professores Articuladores, com dois dias de encontro, previstos para acontecer em 8 e 9 de julho, atendendo aos NTE 14 – Itaberaba e 15 – Ipirá.

Jornada Pedagógica
As escolas também estão sendo mobilizadas para a 2ª etapa da Jornada Pedagógica, no dia 27 de julho. A iniciativa está sendo realizada duas vezes por ano, desde 2017, reunindo professores, gestores e coordenadores pedagógicos em um planejamento coletivo baseado no tema “Pilares para a garantia do direito de aprender: currículo, formação, acompanhamento e avaliação”. Durante o encontro, os participantes discutem ações e atividades, bem como avaliam o conteúdo e as estratégias de articulação entre os projetos e o currículo escolar, tendo em vista a melhoria da aprendizagem.IMG-20190703-WA0046

IMG-20190703-WA0053

IMG-20190703-WA0008

IMG-20190703-WA0018

Gestores dos 27 Núcleos Territoriais de Educação participam de encontro formativo em Feira de Santana

- IV Encontro de Dirigentes em Feira de Santana -I

Com o tema “Orientando o sucesso da gestão dos Núcleos Territoriais de Educação (NTE)”, gestores dos 27 NTE da rede estadual na Bahia estão participando do IV Encontro de Dirigentes, no Instituto de Educação Gastão Guimarães, em Feira de Santana. A atividade, que iniciou nesta quinta-feira (23) e segue até amanhã (24), tem o objetivo de alinhar os processos de gestão da Secretaria da Educação do Estados (SEC) e dos NTE, envolvendo temas voltados para o pedagógico, à infraestrutura, ao planejamento estratégico, à articulação e organização das escolas estaduais, além de desencadear um processo formativo dos dirigentes.

Durante a abertura, o secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, falou sobre a importância deste processo formativo. “Nosso maior objetivo é fortalecer os Núcleos Territoriais de Educação. Por isso, os dirigentes devem estar alinhados com todo o processo de gestão da Secretaria para atuar junto às escolas da sua região. Isso também contribui para a articulação com os municípios, criando um regime de colaboração eficaz. As escolas são um espaço de conhecimento e a nossa função é promover a aprendizagem. Então, queremos dirigentes preparados e articulados para desenvolverem ainda mais a educação no seu território”, afirmou.

Entre os temas do primeiro dia foram debatidos o Sistema de Avaliação Baiana de Educação, que visa dar suporte às escolas, por meio de uma plataforma on-line e provas diagnósticas para avaliarem o desempenho dos estudantes durante o ano letivo, e a Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Também foram abordados o planejamento e a gestão organizacional da SEC. Na sexta, os dirigentes participam de oficinas e grupos de trabalho sobre Recursos Humanos, infraestrutura e censo escolar. Também será promovida a primeira etapa de Formação de Dirigentes de NTE, pelo Instituto Anísio Teixeira (IAT), que faz parte da estrutura organizacional da Secretaria.

Anfitrião do encontro, o diretor Ivanberg Lima, do NTE 19, de Feira de Santana, destacou ser fundamental o suporte da Secretaria da Educação para a gestão dos núcleos. “Este encontro é essencial para podermos ouvir e trocar experiências. É o momento de termos uma aproximação com o órgão central e conseguirmos um suporte maior para fortalecer a nossa relação com os municípios, porque acreditamos na educação de todos os baianos e juntos podemos desenvolver um trabalho que ajude na qualificação da educação pública”, ressaltou.

O diretor Clendson Barreto, do NTE 01, de Irecê, falou como o encontro pode contribuir para a aprendizagem dos estudantes. “Este quarto encontro consolida um planejamento muito importante da SEC de estabelecer esta aproximação com os NTE’s. Aqui nós podemos buscar resoluções para questões das mais variadas, como alimentação escolar, pessoal, transporte e infraestrutura, e tudo isso voltado para a melhoria da Educação do Estado. Ainda temos a oportunidade de conversar presencialmente com os colegas, conhecendo experiências exitosas e dialogando sobre o trabalho realizado nos outros núcleos”, disse.

IV Encontro II

IV Encontro V

IV Encontro III

Foto: Raquel Lacerda

Para mais fotos relacionadas acesse: https://flic.kr/s/aHsmDK74kQ

Como utilizar a piscicultura integrando tecnologias de produção de alimentos orgânicos foi o tema da II Roda de Conversa promovida pelo CETEP II João Campos

João Campos II

Objetivando dar continuidade ao projeto de integração de tecnologias sociais de baixo custo para produção de alimentos agroecológicos, como peixes, galinhas, codornas, ovos, mel, hortaliças, verduras, acerola, banana, dentre outros, que serão produzidos o ano inteiro e utilizados na merenda escolar e como alternativa para a geração de emprego e renda.

O evento aconteceu no último dia 09 de maio com a participação de estudantes, professores, coordenação, pessoal de apoio, egressos do 1º Emprego, pais, e representantes de entidades como Associação da Colônia de Pescadores, Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Riachão do Jacuípe, Secretaria Municipal de Agricultura, Meio Ambiente e Desenvolvimento Social, representante da BAHIATER, Prof. Américo (IF Baiano/Sr. Do Bonfim) e Prof. René  (UNIVASF/Juazeiro) e a comunidade do entorno.

Os trabalhos foram iniciados com a apresentação cultural (Samba de Roda das Pedrinhas) e logo na sequência a exibição de vídeo com explanação a respeito do Sisteminha (Sistema Integrado Alternativo para a Produção de Alimento) EMBRAPA de autoria do Pesquisador Dr. Luiz Carlos Guilherme. Com todos acomodados no pátio do CETEP Bacia do Jacuípe II João Campos, posteriormente, veio as falas dos representantes das entidades presentes;  O debate promovido pelo público e encerramento com lanche no qual fora servido o produto proveniente da despesca da primeira produção do Sisteminha (Tanque de Piscicultura do CETEP).

João Campos VIII

“Sem sombra de dúvida, a possibilidade de uma apropriação criadora muda a lógica da construção e socialização do conhecimento. Motivação e prazer passam a coexistir com mais intensidade e os resultados certamente serão muito mais significativos. Daqui por diante muitos projetos poderão surgir, uma vez que os estudantes e professores  a se encontrarem em espaços onde os desafios são constantes, possibilitando que os estudantes construam suas aprendizagens sendo preparados para a inserção no mundo do trabalho como, também, para serem empreendedores sociais e agentes de transformação onde vivem. Essa é premissa!” Fala de Marilane Souza Silva Coordenadora Pedagógica da Unidade.

Segundo o aluno Rodrygo Silva Trabuco, Estudante do 1º ano/EPI/Curso Téc. em Agroecologia: “Me matriculei no Curso Técnico em Agroecologia do CETEP porque quero adquirir conhecimentos que me façam entender técnicas de produção de alimentos saudáveis, sem agrotóxicos. Agora, eu vi que com o Sisteminha e o PAIS (Produção Agroecológica Integrada Sustentável) integrados vou conseguir realizar meus sonhos, lá em casa, também. Como: criação de codornas, compostagem, horticultura, criação de galinhas e muito mais. A gente pode desenvolver e inovar os conhecimentos com nossa família e amigos.”

João Campos IV

Associado da Colônia de pescadores, Roque Santos da silva disse que “agora a gente pode criar peixe no quintal de casa e junto produzir diversos alimentos para o sustento da nossa família. Antes se pescava o peixe com fartura no Rio Jacuípe, mas acabou. Com o Sisteminha vamos produzir de tudo para nos alimentar de verdade e o que sobrar a gente vende na feirinha da Agricultura Familiar”.

“Estamos muito otimistas com as parcerias que estamos construindo com a EMBRAPA Meio – Norte-PI, com o IF Baiano de Sr. do Bonfim e com a UNIVASF de Juazeiro, Agrovale, Prefeitura local, Colônia de Pescadores, Projeto Produzir e Preservar, Projeto Vida no Solo, para fins de implementação de tecnologias que possibilitem aos nossos estudantes especialmente do curso técnico em agroecologia melhorias significativas das aprendizagens, assegurando uma formação enriquecida de experiências e de valores, por cruzar saberes oriundos do meio científico e também do rico cotidiano popular.” (Maria do Rosário Mascarenhas de Almeida, Diretora do CETEP II)

João Campos III

João Campos VII

João Campos V

João Campos IX

João Campos VI

João Campos I

Colégio Estadual Felipe Cassiano apresenta projeto cultural: Identidade Sertaneja

Felipe cassiano 1005

O Colégio Estadual Felipe Cassino – CEFEC, apresentou na última terça, 07/05/2019, nos turnos diurno e noturno, o projeto cultural: Identidade Sertaneja, com visitas as salas temáticas e apresentações diversificadas de artes que exaltam a cultura nordestina.

Algumas apresentações são parte das produções dos Projetos Artísticos e Culturais 2019 desenvolvidos pelos alunos e professores do Colégio Felipe Cassiano.

Felipe cassiano 1005.JPG VI

Felipe cassiano 1005.JPG VIII

Felipe cassiano 1005.JPG VII

Felipe cassiano 1005.JPG V

Felipe cassiano 1005.JPG IX

Felipe cassiano 1005.JPG II.JPG III

Felipe cassiano 1005.JPG II

Felipe cassiano 1005.JPG IV

Felipe cassiano 1005.JPG X

Texto e fotos: berguerios.blogspot.com

Em ação do Novo Ensino Médio Colégio Abelardo Moreira desenvolve o projeto Eu e o mundo do trabalho

Abelardo 0605 V

Visando oferecer aos alunos a oportunidade de conhecer, juntamente com os diferentes profissionais, perfis e possibilidades de escolha de profissões, o Colégio Estadual Abelardo Moreira na cidade de Mairi deu início no último dia 02/05/2019 à I Feira de Profissões.

Este evento faz parte do Eixo vinculado ao Projeto de Vida dos estudantes, uma das ações do Novo Ensino Médio. A primeira ação do Projeto será desenvolvida por meio de uma roda de conversa multiprofissional que contará com pessoas da comunidade local que compartilharão as suas experiências profissionais.

Na maioria das vezes, por falta de orientação, perspectiva de futuro e, em alguns casos, por necessidades pessoais, vários jovens abandonam a formação escolar básica, ingressando precocemente no mundo do trabalho. Essa falta de orientação prévia, com frequência, acarreta prejuízos ao seu futuro.

O Projeto Eu e o Mundo do Trabalho possibilitará aos alunos entrar em contato com várias opções do mercado profissional, visando a inserção do jovem de maneira mais consciente e menos improvisada ao mundo do trabalho para assim conquistar sua autonomia financeira e pessoal.

No curso do desenvolvimento do Projeto, além da roda de conversa, serão desenvolvidos outros trabalhos com a finalidade de aprofundar a discussão sobre o mercado profissional. Dentre as ações propostas serão incluídas as seguintes atividades:

Roda de conversa

Diálogo com profissionais de diversas áreas. Alunos concluintes das terceiras séries. 02/05/2019.
Oficinas temáticas Oferta de oficinas práticas de culinária e artesanato. Alunos inscritos interessados. Entre maio e julho de 2019.
Pesquisas e seminários Atividades realizadas com orientação dos professores do Eixo Projeto de Vida. Alunos da 1ª série do Ensino Médio. Maio a julho de 2019.
Entrevistas Por meio de atividade interdisciplinar direcionada com profissionais do mercado formal e informal (autônomos). Alunos da 2ª série do Ensino Médio. 06/2019.
Aulas de campo e visita técnica Visita a Escola Agrícola de Jabutica e ao Perímetro Irrigado do município de Várzea da Roça. Alunos da 3ª série do Ensino Médio. Junho de 2019.
Atividades Culturais Teatros, paródias, cordéis e poemas sobre a temática das profissões. Alunos de todas as séries do Ensino Médio. Maio a Julho de 2019.
Feira de Profissões Stands com apresentação de diferentes profissões. Alunos da 3ª série do Ensino Médio. Segunda quinzena de Julho/2019.
Desfile e Baile de Profissões Apresentações temáticas e caracterizadas de profissões. Alunos de todas as séries do Ensino Médio Segunda quinzena de Julho/2019

Abelardo 0605 I

Abelardo 0605 IV

Abelardo 0605 III

Escola, família e comunidade: Uma parceria essencial em prol da educação

Reunião Renato IV

A gestão e coordenação pedagógica do Colégio Estadual Renato Medeiros Neto, localizado no Bravo, município de Serra preta, realizou no último dia 25 de março a primeira reunião de pais/responsáveis e comunidade local cujo tema foi: Escola, família e comunidade: Uma parceria essencial em prol da educação.

Envolvendo um número de aproximadamente cento e dez pessoas, os presentes foram convidados a refletir sobre os resultados do Colégio e a coordenadora Ajane Morocx enfatizou a importância de todos na construção de uma educação de qualidade e a necessidade de um NOVO ENSINO MÉDIO.

Em seguida, questionou-se sobre a Escola e a Educação que queremos a partir da estratégia da tempestade de ideias cujo objetivo foi realizar a escuta dos pais/responsáveis e comunidade do entorno possibilitando o compartilhamento de decisões e sugestões pra melhorar a qualidade da escola em todos os âmbitos.

Para alcançar o sucesso escolar muitos aspectos precisam ser observados. Dentre eles, a participação ativa dos pais/responsáveis oportuniza e demonstra atenção e zelo para com a vida dos estudantes, favorecendo a aprendizagem. Portanto, quando escola, a família e a comunidade trabalham juntas em prol da educação a aprendizagem acontece.

A participação e escuta democrática é o melhor caminho para construção de uma educação significativa e de qualidade. Assim, os pais/responsáveis e comunidade local precisam participar ativamente do processo educativo e das ações pensadas pela escola, propondo e acompanhando, apoiando as ações e buscando alternativas conjuntas para superação dos desafios. Nesse sentido, para construir o Plano de Flexibilização Curricular todos foram convidados a participar desse momento importante de mudança e qualificação das ações no Ensino Médio.

Reunião Renato III

Reunião Renato I

Reunião Renato II