Colégio Estadual Nossa Senhora de Lourdes realizou a I Feira das Profissões

Profissoes VII

Planejada com o objetivo de ampliar o conhecimento dos jovens a cerca do seu futuro profissional, o Colégio Estadual Nossa Senhora de Lourdes localizada no Ponto de Serra Preta, realizou a Primeira Feira das Profissões no último dia 10 de abril.

Com esse evento que foi organizado pela gestão, coordenação e com professores das três áreas do conhecimento, buscou-se oportunizar para os estudantes do Ensino Médio uma escolha mais assertiva sobre o curso de graduação que farão, ampliar o leque de opções de cursos de graduação que podem ser escolhidos e as principais faculdades que os oferecem, propiciar aos estudantes do Ensino Médio a compreensão que a sua escolha será decisiva para seu sucesso pessoal e profissional bem como levar o estudante a compreender que o planejamento da sua carreira profissional deve iniciar-se no 1º ano do Ensino Médio.

Contando com a participação da comunidade escolar e os parceiros SENAI, GRACOM, FAT (Faculdade Anísio Teixeira) que levou estudantes e professores dos cursos de Pedagogia e rede de computadores, as profissões foram apresentadas através de pesquisas realizadas pelos estudantes das turmas do 1º Ano do Ensino Médio para despertar nestes alunos a percepção da importância do processo da escolha profissional, e também para os outros alunos do Ensino Médio através da visitação à Feira e entrevista aos participantes da mesma. Aconteceram oficinas ministradas por profissionais nas áreas de Administração, negócios e serviços; Análise e Desenvolvimento de Sistemas; Ciências Sociais e Humanas; Saúde; e Comunicação e Informação.

Profissoes IV

“A gente interagiu bastante, a aula que eu fiz foi de rádio escolar, estão pensando em colocar a radio lá, o professor super gente boa explicou a gente tudo pra fazer um programa de rádio no intervalo na escola. A gente foi pra sala onde tem o material da rádio e já treinamos como mexer no aparelho e ficamos dando umas ideias pra o pessoal! Foi muito bom”. Fala de Juraci Moraes, EJA – Eixo VII.

Segundo Maria Clara, aluna do 3º Ano: “gostei muito da Feira, o teste vocacional me ajudou a perceber as profissões que eu tenho afinidade, assisti a palestra com o pessoal da sáude também foi bastante proveitoso. Eu quero algo na área de saúde, enfermagem, instrumentação cirúrgica, o teste indicou essa e outras áreas”.

Para Lívia Neri, Coordenadora Pedagógica da Unidade Escolar, “nossa união fez a força, sigamos nesse pensamento por uma escola viva e uma educação melhor! Foi excelente ver tanto a postura quanto as ânsias e ansiedades dos alunos em aprender um pouco mais sobre o mercado de trabalho e acender uma luz diante de tantas cobranças e incertezas que permeiam o cotidiano juvenil ante as perspectivas de futuro”.

“Todas as nossas expectativas foram superadas. Acredito que a Feira de Profissões tenha surtido efeito em sua intenção: despertar e auxiliar os estudantes na sua escola profissional. Mesmo antes do termino da Feira, eu tive uma devolutiva positiva dos alunos, professores e funcionários da escola, sinal que comprova o sucesso da Feira”, afirmou o professor de Sociologia Jones Barbosa.

As falas acabam concordando com a elaboração dessa atividade pedagógica que buscou refletir e estimular o conhecimento das profissões, a compreensão da responsabilidade social e a inserção no mercado de trabalho contribuindo para a formação da personalidade destes jovens adolescentes. São aspectos a serem trabalhados na intenção de atender ao desenvolvimento de cada indivíduo e de sua identidade.

Profissoes III

profissoes VI

Unidades Escolares da Bacia do Jacuípe empossam líderes estudantis

líderes III

Os colégios estaduais que compõem o Território da Bacia do Jacuípe realizaram as eleições e empossaram os líderes e os vice-líderes de classe 2019 esta semana.

Entre algumas atribuições dos líderes de classe se destacam:

– Estabelecer contato permanente com os demais Líderes de Classe para troca de experiências e proposições para melhorias do processo educativo;

– Estimular o bom relacionamento da classe, através de diálogo;

– Elaborar um Plano de Ação que contemple as necessidades da unidade escolar relativas à melhoria do processo de ensino e da aprendizagem, respeitando as legislações vigentes, os trâmites administrativos da unidade escolar, contribuindo para a manutenção do clima escolar colaborativo;

– Buscar a opinião consensual do grupo para representá-lo em situações decisórias;

– Incentivar o desenvolvimento de comportamentos e atitudes que busquem a melhoria da aprendizagem da classe;

líderes V

“Ao ser líder ano passado, comecei a ver algumas questões com mais cuidado e atenção. Observar um lado da escola em geral, que muitas vezes não ficam tão claro para nós, estudantes. Como problemas estruturais e até mesmo dificuldades dos professores em sala de aula, assim como de nós alunos, também. Acredito que essa seja uma excelente oportunidade para criar uma relação melhor entre os estudantes, professores e a gestão da escola.” Ana Cláudia, 2ª série A – matutino, líder de classe no Colégio Estadual Governador Antônio Carlos Magalhães na cidade de Várzea da Roça.

líderes VII

Os alunos Marcos Lima Macedo e a aluna Isadora Lopes Sampaio, respectivamente líder e vice-líder do 3º ano A do Colégio Estadual Normal de Pintadas falaram algumas metas deles como representantes estudantis: “motivar os profissionais da escola, debater na sala de aula e nas reuniões soluções para os problemas abordados, motivar a participação dos alunos em atividades extracurriculares e esportivas, procurando chegar a 100% de aprovação da turma”.

Os estudantes eleitos nas funções líder e vice-líder de classe devem ser os interlocutores da turma junto à comunidade escolar, articulador e propositor de melhorias para a ambiência na unidade de ensino. A proposta faz parte do programa Educar para Transformar – um Pacto pela Educação, para promover o empoderamento juvenil, fazendo com que os (as) alunos (as) se envolvam nas ações realizadas nas escolas, contribuindo para a gestão democrática e participativa.

líderes IV

líderes VI

líderes I

líderes II

Questões ligadas às mulheres são tratadas pelo Colégio Virgílio Francisco em Nova Fátima

Virgilio Mulher III

Pela necessidade de combater a crescente violência e o desrespeito com as mulheres, o Colégio Estadual Virgílio Francisco Pereira em Nova Fátima está planejado executar ações dentro dos componentes curriculares durante todo o ano letivo.

Durante o mês de março foi realizado um conjunto de atividades referentes ao mês das mulheres na escola através de roda de conversa, seminários, apresentações artísticas e debates. Como afirmou o Diretor da Unidade, professor Ivan Moraes, “cuidado com as questões ligadas a mulher é uma emergência que deve ser considerada por todas as esferas da sociedade”.

O trabalho no mês das mulheres e durante todo o ano letivo se faz necessário para combater violências e desrespeitos que acontecem em nossas escolas e em nossa comunidade. Assim, trabalhar com esse tema no colégio nos leva a refletir e a conscientizar sobre o respeito que as mulheres devem ter sempre e em todos os espaços.

Virgilio Mulher VI

Ações como essas ganham evidência quando se percebe na fala dos alunos alguns discursos importantes, como: “Ser mulher é sinal de perigo hoje no Brasil e em muitos lugares no mundo as mulheres sofrem violência e desrespeito”, e que “A mulher deve ser respeitada e considerada sem desigualdade e sem desrespeito”.

Um dos momentos mais emocionantes da ação aconteceu com a participação da aluna Émíle, que relatou a história da jovem EVA LUANA, de 21 anos, moradora de Camaçari, que ganhou ampla repercussão após denunciar nas redes sociais estupros, abortos e agressões físicas e psicológicas, praticados pelo padrasto durante 8 anos. O que comoveu todos os ouvintes.

Atividades voltadas para a temática das mulheres no ambiente escolar são sempre relevantes e importantes para a formação do alunado e principalmente para transformar positivamente a nossa sociedade. Nas palavras da professora Emília Oliveira, “a mulher não precisa viver predestinada em ser apenas dona de casa, mãe esposa… ela pode ser isso e tudo inclusive o que ela quiser”.

Virgilio Mulher IV

Virgilio Mulher V

Virgilio Mulher I

Colégio Maria Evangelina comemorou o Dia Mundial da Água com caminhada

Eva DMA I

Em comemoração ao Dia Mundial da Água, o colégio Estadual Maria Evangelina Lima Santos realizou uma caminhada pelas ruas da cidade para chamar a atenção da população ipiraense sobre a importantíssima questão da conscientização ao uso da água e o seu consumo inteligente.

Mais de cem pessoas, entre professores, alunos e pessoas da comunidade, percorreram as ruas do centro da cidade e do bairro do Monte Belo exibindo faixas, cartazes, realizando panfletagem e utilizando um carro de som destacando a situação do uso da água e com músicas referentes ao tema.

Segundo a diretora do Maria Evangelina, a professora Liana Macêdo, a caminhada da última quinta-feira dia 21 de março, “foi muito produtiva, teve um número muito bom de alunos participando, assim como de pessoas da comunidade. A integração dos envolvidos, gestão, funcionários e alunos foi maravilhosa;  e o modo como foi tratada a temática da água com carro de som e a distribuição de folders para as pessoas nas ruas foi muito gratificante

Eva DMA III

Para o aluno Breno Aquino, “a caminhada em si atendeu todos os objetivos que foi de alguma forma passar a mensagem de que precisamos sim ficar atentos à preservação do meio ambiente e em principal a ‘água’. Algumas pessoas não sabiam o quanto o meio ambiente vem se degradando e o quanto precisamos cuidar e economizar desse nosso recurso hídrico que com o passar do tempo vem ficando cada vez mais escasso. A água é a nossa mais rica fonte de sobrevivência. Então os cartazes e as faixas deixaram uma mensagem importante para todos que presenciaram a nossa caminhada”.

A ação sobre o Dia Mundial da Água fez parte do projeto interdisciplinar que o colégio Maria Evangelina vem trabalhando com atividades de gincana de mesma temática, objetivando a interação e a conscientização de todos os envolvidos e de certa forma trazendo a comunidade para essa reflexão.

Eva DMA II

Eva DMA IV

 * 22 de março data oficial do Dia Mundial da Água.

Reunião de trabalho em Ipirá buscou fortalecimento do fazer pedagógico

RT V

No último dia 20 de março, foi realizada uma reunião de trabalho no CETEP da Bacia do Jacuípe em Ipirá envolvendo a equipe técnica do NTE 15, gestores das Unidades Escolares Estaduais e os coordenadores pedagógicos recém empossados.

O NTE 15/Ipirá realizou o Encontro Formativo com Coordenadores Pedagógicos e Gestores Escolares – Rede Estadual – Território Bacia do Jacuípe, tendo como elo fundamental, o fortalecimento do trabalho em conjunto do administrativo e do pedagógico, em função do objetivo principal de toda escola: a aprendizagem dos alunos.

Qualificar a atuação da Gestão Escolar, incentivando-os à participação na tarefa de avaliar o processo pedagógico, garantindo as intervenções necessárias para melhorias dos indicadores educacionais e profissionais, foi o objetivo principal do encontro, bem como evidenciar que o administrativo e o pedagógico possam estar juntos em função da melhora dos indicadores educacionais e da efetiva aprendizagem dos estudantes .

Alinhar as ações da Coordenação Pedagógica para o trabalho em Rede Estadual e estabelecer metas para cada ano/Trimestre de acordo com as orientações curriculares da Secretaria de Educação do Estado da Bahia, discussões sobre o RH Bahia, orientações de Processos Licitatórios e o Fórum de Gestores foram outros temas abordados na reunião de trabalho.

RT II

 

RT IV

RT I

RT VI

RT III

RT VII

Cetep Bacia do Jacuípe de Ipirá promove o II Seminário de Enfermagem

SEM enf ctbjIV

Hoje 15/03, pela manhã, aconteceu no Centro Territorial de Educação Profissional (CETEP) Bacia do Jacuípe em Ipirá o II Seminário de Enfermagem. Vários grupos de alunos apresentaram as suas experiências práticas nos estágios que realizaram em Unidades de Saúde do município.

SEM enf ctbjVII

Contando com a presença de alunos, professores e preceptores, os alunos fizeram relatos das diversas situações que encontraram, como se comportaram, as patologias verificadas nos pacientes, as dificuldades e a importância do trabalho em equipe.

Segundo a vice-diretora do Mundo do Trabalho Dilma Célia de Oliveira “é muito importante esses momentos que estamos compartilhando com os alunos novos que estão chegando agora no curso de enfermagem, as experiências dos alunos que já estão em fase de estágio, a importância da dedicação e dos estudos na realização das atividades práticas com responsabilidade e conhecimento para oferecer serviços de qualidade e humanizado por parte desses futuros profissionais de saúde formados pelo CETEP”.

No final do seminário houve uma avaliação do público presentes sobre as atividades do estágio com o olhar do próprio seminário, visto de forma positiva e mais proveitoso do que o ocorrido anteriormente.

SEM enf ctbjII

SEM enf ctbjVI

SEM enf ctbjV

SEM enf ctbjIII

SEM enf ctbjI

I Encontro Literário do Colégio Estadual Felipe Cassiano aconteceu com lançamento de livro

Fotos FC 0319III

Ontem, dia 12/03, aconteceu o I Encontro Literário do Clube de Leitura Livre-se, projeto do Colégio Estadual Felipe Cassiano, coordenado pela professora Valéria Rios. O evento foi um encontro de cultura, arte e literatura que reuniu o escritor Pablo Rios, da cidade de São José do Jacuípe, autor de Bom Vaqueiro, Bom Vaqueiro, seu terceiro livro. Além do lançamento do livro, a noite acolheu as apresentações musicais de artistas locais como o Projeto Musical de Flauta Doce do Professor Adailton e o cantor e compositor Edelmir Barreto.

Fotos FC 0319

Nessa noite festiva, a escola abriu as portas à comunidade, que participou de modo expressivo neste primeiro de muitos encontros literários que o Clube Livre-se ainda irá realizar. Este projeto de leitura existe há dois anos e busca por meio do incentivo à leitura e do acesso aos livros, motivar os alunos a tornarem-se leitores e mediadores de leitura.

Conheça mais do projeto no Instagram @livre_se_clube

Fotos FC 0319VI

Fotos FC 0319VIII

 

 

 

 

 

 

Fotos FC 0319XI

Fotos FC 0319XII

Fotos FC 0319II

 

 

 

 

 

 

Fotos FC 0319IV

Fotos FC 0319X

Fotos FC 0319V

 

 

 

 

 

 

Fotos FC 0319VII

Texto e fotos: Blog Bergue Rios notícia

Alunos dos colégios estaduais da Bacia do Jacuípe ingressam no Ensino Superior em 2019

Andreina JRP

A valorização da escola pública perpassa por diversos caminhos e um deles é o resultado que se tem quando os alunos que tiveram a sua base formativa nessas escolas ingressam no ensino superior.

Em 2019 muitos alunos que vão iniciar os seus cursos superiores são egressos dos colégios estaduais do Território da Bacia do Jacuípe.

Abaixo consta uma lista com alguns exemplos de alunos que fazem parte desse sucesso coletivo:

COLÉGIO ESTADUAL JOSÉ RIBEIRO PAMPONET – Baixa Grande:

Andreina  kelen Macêdo Silva – Ciências Biológicas – ANHANGUERA

Fabiano Araújo Santana Filho – Engenharia Florestal – UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

Fernando Pinho Rios – Administração – UNOPAR

Fredson Nascimento Santa Bárbara – História – UNEB

Jamerson Silva de Oliveira – Física – UNEB

Queila Alcântara Silva – Química – UNEB

Vitória Bastos Nepomoceno – Química – UNEB

COLÉGIO ESTADUAL DE BAIXA GRANDE – Baixa Grande:

Alice do Carmo Sousa – Letras – UEFS/Nutrição – FTC/Psicologia e Nutrição – UNIFACS

Amanda Oliveira Bastos – Farmácia – UFBA

David de Jesus Campos Oliveira – Arquitetura e Urbanismo – UNEF

Debora Teixeira de Oliveira – Fisioterapia – Faculdade Nobre – FAN

Esther Almeida Araújo Oliveira – Bacharelado em Direito – UNIFACS/Engenharia Civil – Faculdade Delta

Éveni Santana de Almeida – Odontologia – UNEF

Fernando Oliveira Alves Campos – Engenharia Mecânica – UNIFACS

Gabriel dos Reis Machado Souza – Engenharia Mecânica – UNIFACS

Guilherme Pamponet Kuhn P. Filho – Direito – FAN

João Pedro Santos Borges Queiroz – Enfermagem e Medicina Veterinária – FAT/Odontologia – FTC/Enfermagem – UNIFACS

Luciano Reis de Oliveira Silva – Engenharia Civil – UEFS

Nathália da Silva Borges Rios – Farmácia – UNEF

Tiago Suzart Souza Oliveira – Arquitetura e Urbanismo – UNIFACS

COLÉGIO ESTADUAL EDNA MOREIRIA PINTO DALTRO – Capim Grosso:

Alexia Lima Rodrigues – Letras com Inglês – UNEB

Aline dos Santos Oliveira – Pedagogia – UNIP SP

Arthur Jorge de Santana Silva – Direito – UNINASSAU/Terapia Ocupacional – UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

Camila Leão Gomes – Ciências Biológicas – UNEB

Camila Nunes de Souza – Enfermagem – Faculdade Santíssimo Sacramento

Elaine da Silva Gonçalves – Educação Física – UNOPAR

Emily Santos da Silva – Letras com Espanhol – UPE

Gilvania  de Souza Pinheiro  – Ciências Sociais – UNIVASF

Guilherme de Oliveira Gois – Filosofia – PUC–PR

Jaqueline Santos de Souza – Enfermagem – FALCULDADE REGIONAL DA BAHIA e AGES

Jaqueline Silva – Farmácia – AGES

Kate Evelyn Sousa Oliveira – Ciências Contábeis – FCG

Larissa Silva dos Santos – Engenharia Petróleo e Gás – UNIJORGE

Matheus Silva Xavier – Matemática – UEFS

Rafaele Reis Archanjo – História – UNEB

CETEP BACIA DO JACUÍPE – Ipirá:

Maiara de Oliveira Moreira – Sistema de Informação – UNEB

Marine Costa Gonçalves – Geografia – UEFS

Vagner Silva Santos – Serviço Social – UNIASSELVI

COLÉGIO ESTADUAL DE QUIXABEIRA – Quixabeira:

Camila Martins Novaes – Fisioterapia – UNEB

Daniel Gonçalves de Oliveira Neto – História – UNEB

Jaconias Gonçalves Vieira – Letras – UNEB

João Eudes Lima Freitas – Artes Cênicas – UFBA

Milena Soares de Oliveira – Filosofia – UNEB

Soraia Novaes dos Santos – Inglês – UNEB

Stefane Sousa Silva – Medicina Veterinária – UNEB

Ueslei Oliveira Silva – História – UNEB

Valeria Pereira de Sousa – Farmácia – AGES

Vitoria Daniele Santana dos Santos – Nutrição – FTC

COLEGIO ESTADUAL PROFESSOR DÍDIMO MASCARENHAS RIOS – Riachão do Jacuípe:

Mariana Oliveira dos Santos Freitas – História – UNEB/Matemática – UEFS

CETEP BACIA DO JACUÍPE II JOÃO CAMPOS – Riachão do Jacuípe:

Everson Cairo Oliveira Carneiro – Administração – UNEF

Roberta da Mata Silva – Letras – UNEB

Sandy Luciele Carneiro de Oliveira – Pedagogia – UFRB

COLÉGIO ESTADUAL NOSSA SENHORA DE LOURDES – Serra Preta:

Antonio Felipe de Jesus Moreira – Engenharia de Computação – UEFS

Diana Freitas Andrade – Arquitetura e Urbanismo – UFBA

Jeferson Jhone Carvalho Pedreira – Licenciatura em Química – UEFS

COLÉGIO ESTADUAL FELIPE CASSIANO – Várzea do Poço:

Alice Silva Araujo – Letras – UNEB

Leandra Lima Santos – Letras – UNEB

Natalia Silva Lima – Letras – UNEB

O Núcleo Territorial de Educação da Bacia do Jacuípe (NTE 15) parabeniza todos os alunos, pais, professores e comunidade escolar que contribuíram para esse acontecimento tão honroso, inclusive aos colégios e alunos que não foram citados aqui e que tiveram alunos que ingressaram no Ensino Superior em 2019.

Queila JRP

Fernanda JRP

Antonio Felipe

Mariana Dídimo

Fernando JRP

Diana

Jameson Jose Ribeiro

Colégios Estaduais do Território da Bacia do Jacuípe finalizam hoje a Semana Pedagógica 2019

A jornada pedagógica nos colégios estaduais do território da Bacia do Jacuípe, teve o seu início na última segunda feira dia 04/02, perpassou por toda essa semana e será finalizada hoje dia 08/02 na preparação do primeiro semestre do ano letivo de 2019.

Acontecendo desde 2017 em dois momentos, a jornada pedagógica 2019 contou com a participação coletiva de professores, gestores, coordenadores pedagógicos, segmentos de pais e alunos (colegiado escolar e líderes de classe), juntamente com as equipes de apoio e administrativo no planejamento baseado no tema “Pilares para a garantia do direito de aprender: currículo, formação, acompanhamento e avaliação”.

Durante os cinco dias de encontro, os participantes discutiram ações e atividades, bem como avaliaram o conteúdo e as estratégias de articulação entre os projetos e o currículo escolar, tendo em vista a melhoria da aprendizagem.

Segundo Maria do Rosário de Almeida, diretora do CETEP II João Campos em Riachão do Jacuípe, alguns pontos foram muito positivos nessa semana pedagógica de 2019: a chegada do coordenador pedagógico para o desenvolvimento das atividades da jornada com a expectativa de um ganho qualitativo nas ações pedagógicas durante todo o ano, “a organização da estrutura da jornada, a participação maciça da comunidade escolar do CETEP II, tudo acontecendo de forma leve e muito produtiva, nos meus 10 anos a frente da direção posso afirmar com toda a certeza que essa tem sido a melhor jornada de todas”.

jpftci09

A programação da Semana Pedagógica incluiu: apresentação sobre o Novo Ensino Médio; linha do tempo “Escuta Inspiracional à elaboração do Currículo Bahia”; apresentação dialogada para saber como fica o planejamento da unidade escolar a partir das orientações gerais do Currículo Bahia e, também, referente às orientações pedagógicas para o acompanhamento da aprendizagem dos estudantes. Outros destaques foram oficinas sobre temas como Refletindo sobre competências e habilidades; Refletindo sobre aprendizagem contextualizada no século XXI; Avaliação da aprendizagem; Trajetórias de sucesso escolar; e Análise situacional através de matriz swot.

jpftnp06

“Embora não tenha participado da organização da jornada em tempo hábil para ministrá-la, gostei muito das experiências partilhadas durante esse momento de formação, pude conhecer um pouco da equipe e o cotidiano escolar e espero contribuir ainda mais para o sucesso do Colégio Maria Evangelina Lima Santos que me acolheu tão bem”. Palavras de Rafaela Santos da Cruz recentemente empossada como coordenadora pedagógica em Ipirá.

A segunda etapa da jornada pedagógica está prevista para acontecer no dia 27 de julho quando será planejado o segundo semestre do ano letivo de 2019 em todas as Unidades Escolares da rede estadual de ensino do Estado da Bahia.

jpftcti04

jpftva08

quixabeira-vr14

jpft03

jpftvr05

jpftnf007

jpftnf02

Rui anuncia nomeação de professores aprovados em concurso e tabela de pagamento dos servidores do Estado

Foto Diego MascarenhasO governador Rui Costa anunciou, nesta quinta-feira (10), em entrevista ao programa Bahia Meio Dia, da Rede Bahia, que será publicado nesta sexta-feira (11), no Diário Oficial do Estado, o calendário anual de pagamento dos servidores ativos, pensionistas e aposentados das administrações direta e indireta para o ano de 2019, mantendo as datas de crédito sempre dentro do mês trabalhado.

Durante a entrevista, o governador também anunciou que na próxima quarta-feira (16) será publicada no Diário Oficial a nomeação dos professores aprovados no concurso público realizado em 2018 para assumirem seus cargos. Segundo Rui, os novos professores e coordenadores pedagógicos irão atuar nos 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE), espalhados por Salvador e outros 26 municípios da Bahia.

Rui destacou, ainda, que a publicação da tabela anual de pagamento do servidor e o seu rigoroso cumprimento pelo Estado, assim como ocorreu em 2018, assegura que os servidores públicos baianos possam organizar a sua vida financeira, o que não tem acontecido com o funcionalismo de outras unidades da federação, que atrasam e até mesmo parcelam as suas folhas de pagamento. Não é raro, entre estados vizinhos, que o pagamento de um mês trabalhado só ocorra na segunda quinzena do mês seguinte.

tabelaa

A tabela de pagamento do servidor público poderá ser consultada por meio do Portal do Servidor, mas de posse de qualquer calendário é fácil identificar a data do pagamento, já que este sempre ocorre no último dia útil de cada mês. De acordo com a Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz), o Governo desembolsa por mês mais de R$ 1,6 bilhão com o pagamento da folha, para aproximadamente 274 mil beneficiários, entre ativos, aposentados e pensionistas. Segue, abaixo, a tabela completa.